Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Bairro do Rosário,em Teresópolis, segue com curso para implantação do NUDEC

Rosário segue com curso para implantação do NUDEC


Teresópolis, 29 de setembro de 2011. A comunidade do Rosário, primeira a receber o curso de capacitação para a implantação do NUDEC (Núcleo Comunitário de Defesa Civil), participou de mais uma aula nesta quarta-feira, 29. Durante a programação, os integrantes do grupo apresentaram cartazes, realizaram dinâmicas e agentes da Defesa Civil fizeram uma palestra sobre “Combate a incêndio”. O curso segue até esta sexta-feira, 30, no Galpão da Igreja Batista, localizado na Rua José Bandeira Vianna. Já no domingo, a partir das 9h30, o grupo fará uma caminhada para realizar o mapeamento da área.

O curso, oferecido pela ONG Care Brasil, é ministrado por Roberta Dutra, analista de programas em Redução de Riscos e Desastres da instituição. “Nós estamos aqui como facilitadores para as decisões a serem tomadas em relação aos riscos da comunidade. Os moradores responderam bem à proposta, e estão engajados para o sucesso do projeto”, afirmou Roberta.

Também esteve presente, o Tenente Jaime Medeiros, subsecretário de Defesa Civil. Na ocasião, o Tenente agradeceu o apoio da Care Brasil e aos participantes. “Na realidade o NUDEC é um espelho da comunidade. Parabenizo a todos que estão participando do projeto”, afirmou.

Através de dinâmicas e reflexões, os participantes interagiram durante as palestras, que têm como objetivo solidificar o grupo, para que os seus integrantes sejam um ponto de apoio da comunidade. Todos os participantes receberam uma apostila, e a cada encontro novas lições são adicionadas. Durante a palestra, o grupo recebeu instruções sobre a responsabilidade em transmitir um alerta para a comunidade e o quanto é necessário o comprometimento com o NUDEC. 

Conforme o trabalho de identificação das áreas de risco, realizado pelo DRM (Departamento de Recursos Minerais), outras nove localidades serão atendidas pelo Sistema de Alerta e Alarme em Teresópolis e também receberão o Núcleo. São elas: Perpétuo, Caleme, Vale da Revolta, Coreia, Granja Florestal, Fonte Santa, Quinta Lebrão, Fischer e Corta Vento.

Formados por líderes comunitários, policiais militares, bombeiros militares, guardas municipais, soldados do Tiro de Guerra e agentes de saúde que moram nas localidades, o projeto tem apoio da Defesa Civil Estadual.
Tenente Jaime Medeiros e Roberta Dutra parabenizam a comunidade por participar da implantação do NUDEC

Texto: Carol Asthine
Fotos: Ascom PMT

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Lei concede anistia de multa e juros para pagamento de IPTU e outros tributos em atraso em Teresópolis


Lei concede anistia de multa e juros para pagamento de IPTU e outros tributos em atraso
                                                                  
Programa da Prefeitura dá 100% de desconto para quitação à vista e 60% em parcelas

Teresópolis, 29 de outubro de 2011 – Com o objetivo de recuperar créditos para os cofres públicos, a Prefeitura de Teresópolis lançou a campanha de anistia fiscal, para que o contribuinte que se encontra em débito com os tributos municipais possa regularizar sua situação junto à Fazenda Pública. Enviado à Câmara pelo Executivo, o projeto de lei que concede anistia de multas e juros sobre tributos municipais foi votado e aprovado pelos vereadores e está valendo desde o dia 28 de setembro. ‘

Podem aderir ao programa de anistia todos os contribuintes com dívidas de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto sobre Serviço), Taxa Feirarte, dentre outros.

Pela Lei Complementar Municipal nº 151, de 26 de setembro de 2011, o contribuinte em atraso que fizer o pagamento à vista terá redução de 100% de multa e juros de mora. O débito também poderá ser parcelado. Neste caso, o desconto é de 60% de multa e juros. Havendo opção pelo pagamento mensal parcelado, o vencimento da última parcela não poderá ultrapassar o dia 30 de dezembro de 2011.

Segundo o Secretário de Fazenda, Geraldo Carvalho, este é o momento do contribuinte colocar seus impostos em dia. “Ainda estamos em processo de recuperação do município. Muitas pessoas tiveram que disponibilizar suas economias para resolver danos materiais e se encontravam sem condições de honrar seus débitos em atraso. Pensando nisso, lançamos a Lei de Anistia de multa e juros de mora incidentes sobre créditos tributários municipais, inscritos ou não em dívida ativa”, explicou.

Texto: Fabiana Fuchs
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Senador Crivella paralisa agenda em Brasília para atender Teresópolis através do Prefeito Arlei


Senador Crivella paralisa agenda em Brasília
para atender Teresópolis através do Prefeito Arlei

Teresópolis, 29 de setembro de 2011 – Duas semanas depois da primeira viagem, quando se encontrou com a Presidente da República Dilma Rousseff, Ministros, Deputados Federais e Senadores, o Prefeito Interino Arlei retornou a Brasília nesta terça-feira, 27, em sua busca incessante por recursos necessários para reconstruir Teresópolis.

Acompanhado do Vereador Mandinho, dos Secretários de Ciência e Tecnologia, Luiz Ribeiro, de Turismo, Carlos Tucunduva, e de Administração, Lucas Bonifácio, e do Subsecretário de Fazenda, Noel Teixeira, Arlei se encontrou com a Ministra-Chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, o Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e o Ministro das Cidades, Mário Negromonte. Novamente, o interlocutor dos encontros foi o Senador Marcelo Crivella, importante aliado do município e que paralisou sua agenda para abrir as portas desses setores da Administração Federal para o Prefeito de Teresópolis.
Prefeito Arlei em negociação das emendas do Senador Marcelo Crivella no gabinete do Ministro das Cidades Mário Negromonte(foto:Rodrigo Nunes)

“É uma satisfação encontrar novamente o Senador Crivella e os Ministros, que estão sendo muito atenciosos com Teresópolis e empenhados em ajudar nossa cidade em sua reconstrução”, disse Arlei.

Autor de emendas parlamentares com pedido de verbas para obras de infraestrutura, construção de casas populares e atenção básica à saúde para o Município, o Senador Marcelo Crivella colocou sua equipe técnica à disposição da Prefeitura. A ideia é agilizar o encaminhamento das solicitações de recursos para avaliação dos Ministérios das Cidades e da Saúde.
Arlei com o Senador Marcelo Crivella e o Ministro Carlos Lupi e assessores em Brasília(foto:Luiz Fernando Gourgel)

Por conta de sua ida a Brasília, o Prefeito Arlei está remarcando compromissos agendados para estas quinta e sexta, 29 e 30 de setembro.
Arlei no gabinete da Ministra Ideli Salvatti com o Senador Marcelo Crivella e assessores: busca de parceria pela reconstrução de Teresópolis

Texto: Silvia Pimentel
Fotos/créditos:Ascom Secretaria de Relações Institucionais-Rodrigo Nunes-Luiz Fernando Gourgel
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Dia da Juventude é comemorado em Teresópolis


Dia da Juventude é comemorado em Teresópolis

Oficinas sobre saúde, teatro e teste vocacional fizeram parte da programação

Teresópolis, 28 de setembro de 2011 – Em comemoração ao Dia Nacional da Juventude, celebrado em 22 de setembro, a Prefeitura realizou, através da Secretaria de Saúde, atividades gratuitas durante toda a semana para os adolescentes e jovens. As ações aconteceram em unidades de saúde das áreas urbana e rural, de segunda, 19, a sexta-feira, 23, sendo que houve uma edição especial no dia 22, no Centro Materno Infantil, localizado na Casa de Saúde N. S. de Fátima, na Várzea. Na programação, oficinas e palestras sobre vários assuntos de interesse do público-alvo, avaliação em saúde bucal e desenvolvimento físico, teste de interesse profissional, teatro e exibição de filme.

De acordo com a chefe da Divisão de Programas da Secretaria de Saúde, Maria da Conceição Salomão, a programação foi montada pensando nas necessidades do adolescente. “A Semana da Juventude é um momento em que temos a chance de envolver os jovens nas questões voltadas para a sua qualidade de vida”, ressaltou a médica. Para a Coordenadora de Atenção à Saúde do Adolescente, Sandra Erli de Azevedo, as atividades contribuem para conscientizar o jovem sobre os assuntos que norteiam suas vidas. “Esta é uma fase da vida em que as pessoas estão mais vulneráveis a diversos fatores. Para ajudá-las, promovemos essas atividades que visam ao autoconhecimento e ao autocuidado. A intenção é que os adolescentes sejam protagonistas da própria saúde”, afirmou a assistente social.

Oficinas e palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis, gravidez, alcoolismo e tabagismo, avaliação e educação em saúde bucal e nutrição foram algumas das atividades oferecidas. “A palestra teve como tema a prevenção odontológica na adolescência. Frisei sobre a importância do hábito da escovação e sobre as doenças causadas pela falta de higiene oral”, pontuou a dentista do Centro Materno Infantil (CMI), Luciana Mantovani. Os jovens puderam tirar dúvidas sobre o assunto. “Foi muito interessante, porque a doutora esclareceu várias dúvidas como, por exemplo, a forma certa de escovar os dentes”, comentou Henrique Dias, de 18 anos.

As avaliações nutricional e postural foram realizadas pela nutricionista Cleoneide Tavares e pela fisioterapeuta Kenia Nolasco. Cleoneide explicou a respeito da pirâmide alimentar, ou seja, os tipos de alimentos que devem ser consumidos diariamente. Além disso, foi medido o IMC (Índice de Massa Corporal) dos participantes e os que apresentaram algum desvio nutricional foram encaminhados para o serviço de atendimento do Centro Materno Infantil. Kenia Nolasco elencou os benefícios da atividade física e da boa postura. Para Elaine Silva, de 21 anos, a oficina foi bastante proveitosa. “Foi muito bom porque elas deram várias dicas legais. A gente sabe quais são os melhores alimentos para a saúde, mas no dia a dia acaba esquecendo. Quanto à postura, a fisioterapeuta nos lembrou que devemos estar sempre atentos a isso”, disse a estudante.

Também constaram da programação oficina de beleza da Avon, teatro com o tema ‘Drogas, um caminho perigoso’ e palestra de profissionais do Hemonúcleo Teresópolis para incentivar os jovens a doarem sangue, visto que o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária de doação de 18 a 65 anos para 16 a 67 anos. Os adolescentes também puderam atualizar o cartão de vacinas, verificar a pressão arterial e a glicemia e passar pelo teste vocacional. “Eu tenho vontade de fazer faculdade de veterinária, mas o teste indicou vocação para as Ciências Exatas. Vou pensar um pouco mais para decidir”, disse Jefferson Rosa, de 16 anos.

Entre os serviços disponíveis rotineiramente pela Prefeitura para os adolescentes estão consultas médicas e orientações sobre planejamento familiar e nutrição, oferecidas pelo Ambulatório de Crescimento e Desenvolvimento, instalado no Centro Materno Infantil, sob a direção da médica Carmen Lúcia Santos.

Texto: Mara Lúcia
Fotos:Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Hemonúcleo Teresópolis em festa: banco de sangue completa 11 anos


Hemonúcleo em festa: banco de sangue completa 11 anos

Teresópolis, 28 de setembro de 2011 – O Hemonúcleo Teresópolis completou nesta terça-feira, 27, 11 anos de existência. Para comemorar, foi realizada uma confraternização que reuniu a equipe de trabalho, doadores e convidados. Os principais objetivos do banco de sangue são conscientizar a população para que este seja um gesto de cidadania e solidariedade contínuo, incentivar as mulheres a se tornarem doadoras e informar aos jovens que, a partir dos 16 anos de idade, eles já podem doar.

“A minha gestão começou recentemente, mas posso observar o excelente trabalho dos funcionários e a solidariedade dos doadores. Essa é uma atividade essencial e que precisa contar com o apoio de todos. Doar sangue é uma atitude cidadã e estamos aqui para atender cada vez melhor aos usuários”, ressaltou Fortunê Meyohas, médica responsável pelo Hemonúcleo.

Rita Valadão, responsável pela captação de doadores, frisou que a intenção é estimular as pessoas à doação contínua e incentivar as mulheres a se tornarem doadoras. “Buscamos desconstruir a cultura de doação somente em períodos de campanhas de estímulo ou quando há um familiar ou amigo precisando. Defendemos a fidelização da doação porque precisamos repor o estoque constantemente. Convocamos especialmente as mulheres, pois conforme estatísticas, menos da metade da população de mulheres doa sangue”, explicou a assistente social.

A professora Tânia Paiva, de 44 anos, se conscientizou da importância do gesto e compareceu ao banco de sangue para se cadastrar. “Eu já tinha vontade de me tornar doadora e um amigo, que é doador há bastante tempo, me incentivou a me cadastrar”, contou. Já o agricultor João França, de 49 anos, pratica o ato de cidadania e solidariedade há muito tempo. “Sou doador há 20 anos e pretendo continuar sempre ajudando as pessoas que precisam”, disse João.

Marcos Antônio de Oliveira Silva, doador há dois anos, fez questão de participar da comemoração pelo aniversário do Hemonúcleo. “Doar sangue é uma prova de amor ao próximo e à vida. Além disso, devemos ter a consciência de que qualquer um de nós também pode precisar dessa ajuda futuramente”, comentou o auxiliar de serviços gerais.

Para doar sangue
Para doar sangue deve ser apresentado documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação), ter entre 16 e 67 anos, estar bem de saúde e pesar mais de 50 quilos. A mulher não pode estar grávida, nem amamentando. A pessoa não pode ter ingerido bebida alcoólica pelo menos 12 horas antes da doação. Não é preciso estar em jejum, basta evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação.

O banco de sangue da Secretaria Municipal de Saúde funciona na Rua Francisco Sá, 299, na Várzea, e a doação pode se feita das 8h às 12h. Os interessados em doar também podem ligar para o telefone (21) 3641-5872 para tirar e dúvidas e/ou agendar a doação. 

Texto: Mara Lúcia
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

EJA realiza Maratona de Matemática em cinco pólos de Teresópolis


EJA realiza Maratona de Matemática em cinco pólos

Teresópolis, 28 de setembro de 2011 - Visando incentivar o estudo da Matemática por meio da resolução de problemas que despertem o interesse e a curiosidade dos estudantes, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Rede Municipal de Ensino promoveu sua Maratona da Matemática 2011. Foi criado um ambiente estimulante para o estudo da disciplina entre alunos e professores nos cinco pólos da EJA: escolas Ginda Bloch (Alto), Beatriz Silva (Barra do Imbuí), Maçom Lino Oroña (Várzea), Cerom e Belkis Morgado (São Pedro).

Segundo a Secretária Municipal de Educação, professora Neli Pampillón, a importância desta Maratona está principalmente na apresentação da Matemática como ciência, ferramenta e linguagem construída e reconstruída a cada tempo pelo ser humano. “Este é um evento que estimula o gosto pela Matemática e desenvolve a habilidade lógica, a criatividade e a sociabilidade dos alunos da EJA”, comentou a Secretária.

A Maratona de Matemática 2011 teve como grande novidade a participação dos estudantes do 1º segmento. Dessa forma, todos os alunos da Educação de Jovens e Adultos, da 1ª etapa a 9ª etapa, foram envolvidos nessa importante atividade. As provas foram divididas em níveis e cada nível apresentou a avaliação em uma cor diferente, facilitando assim a separação por etapas. Todos os estudantes concluíram a prova e durante a próxima semana as questões serão trabalhadas em sala de aula.

As equipes de Matemática e do 1º segmento começaram a estruturar a Maratona logo no início desse semestre. Após vários encontros e reflexões, as avaliações foram estruturadas seguindo o modelo da OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Após a realização das provas pelos estudantes, houve um jantar de confraternização em cada pólo, proporcionando aos alunos, professores, funcionários e equipes diretivas momentos importantes de integração e troca de experiências.

Para a professora Rutiná, da VI Etapa da Escola Municipal Ginda Bloch, no Alto, a empolgação dos estudantes foi um fator determinante para o sucesso do evento. “Cheguei à escola e fui recebida por alunos ansiosos com a Maratona, e percebi que estavam muito preocupados em fazer e acertar as questões”, avaliou a professora.

Os alunos participantes, satisfeitos em ter seus conhecimentos testados, aguardam agora novas atividades. “Achei muito bom porque testa a nossa capacidade. Para mim não foi nenhum sacrifício, espero conseguir um bom resultado”, disse Luiz Gustavo, da 7ª etapa da Escola Ginda Bloch.

A professora Ana Paula Coutinho, Coordenadora da EJA no Município, parabenizou a sua equipe por estimular o conhecimento e a compreensão da Matemática como disciplina aplicável em suas vidas cotidianas. “Atividades com essa são muito importantes para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos, pois estimulam o ensino e a aprendizagem da disciplina, propiciando também a compreensão da aplicabilidade da Matemática nas situações diárias”, elogiou Ana Paula

Texto: Marcelo Ferreira
Fotos: Divulgação EJA
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Escola Heleno Nunes, no Fischer,Teresópolis, realiza Festival de Talentos


Escola Heleno Nunes, no Fischer, realiza Festival de Talentos

Teresópolis, 28 de setembro de 2011 – Acontece neste sábado, 1° de outubro, às 9h, na Escola Municipal Heleno de Barros Nunes (Rua Pedro Eleotério de Oliveira, 2.730), no Fischer, o “Festival de Talentos: uma nova história, um novo tempo para Teresópolis”.

O evento encerra o Projeto “Pluralidade Cultural”, realizado entre agosto e setembro na escola, localizada em um bairro atingido pela tragédia de janeiro. O objetivo é elevar a autoestima da comunidade escolar e apresentar os talentos existentes no colégio.

“Em dois meses nós trabalhamos o saber fazer, as diferenças e vários tipos de arte, visando envolver a comunidade e elevar a autoestima dos moradores através de atividades variadas. Seguindo essa ideia, pintamos as paredes externas e o muro da escola, para dar mais alegria, renovar o ânimo e fazer com que a comunidade retome a vida normal no bairro”, define a diretora Alessandra de Paula Trancoso Teixeira.

A escola tem 106 alunos, distribuídos em turmas de pré-escolar até o 5º ano do Ensino Fundamental, e todos vão participar do festival de talentos neste sábado, em apresentações individuais e coletivas de dança, música e esportivas. 


Texto: Silvia Pimentel
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Teresópolis participa de seminário na sede da regional do MinC


Teresópolis participa de seminário na sede da regional do MinC

Teresópolis, 27 de setembro de 2011 - O Secretário de Cultura de Teresópolis, Ronaldo Fialho, a gestora Cléo Jordão e os coordenadores de projetos da Secretaria de Cultura, Lu Guarilha e Nara Zeitune, participaram do Seminário Carioca pela Democratização da Comunicação e da Cultura. O evento foi realizado na última sexta-feira, dia 23, no Palácio Gustavo Capanema, no Rio, sede da representação regional do Ministério da Cultura (MinC).

Promovido pela Frente Parlamentar pela Democratização da Comunicação e da Cultura, o seminário contou com mesas redondas e palestras sobre diversos temas. Destaque para as palestras sobre ‘Sistema Nacional de Cultura e guia de orientações para os municípios’, ministrada pelo secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, João Roberto Peixe; ‘A experiência do Conselho de Cultura de Niterói’, tema defendido pela representante do conselho, Rita Diirr; e ‘Os desafios e a importância da democracia representativa combinada com a democracia participativa: conselhos setoriais, conferências’, assunto abordado pelo coordenador do Programa Regional Direito à Cidade / FASE-Rio, Aercio de Oliveira.

Durante o evento, a coordenadora de projetos da Secretaria de Cultura, Nara Zeitune, apontou o atual estágio de Teresópolis dentro do processo de enquadramento ao Sistema Nacional de Cultura. E aproveitou para solicitar maior apoio do MinC ao Fórum de Gestores Públicos de Cultura da Região Serrana, já que existem municípios interessados em aderir ao Sistema Nacional, mas que não dispõem do conhecimento técnico necessário.


“A nossa participação em encontros como este é fundamental, pois permite o constante estreitamento das relações com as esferas estadual e federal, dando maior visibilidade ao município e possibilitando a Teresópolis um trabalho cada vez mais consistente e aprofundado”, avalia o Secretário de Cultura, Ronaldo Fialho.


Texto: Geórgia Jahara
Fotos: Divulgação
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Secretaria Municipal de Cultura

Rosário recebe curso de capacitação para a implantação do Núcleo Comunitário de Defesa Civil de Teresópolis


Rosário recebe curso de capacitação para a implantação do Núcleo Comunitário de Defesa Civil

Teresópolis, 27 de setembro de 2011 – Começou nesta segunda-feira, 26, a partir das 19h30, o curso para a implantação do Nudec (Núcleo comunitário de Defesa Civil) no Rosário, através da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil. O núcleo tem como objetivo orientar a população a evacuar a localidade quando o sistema de alerta for acionado no local.

O curso segue até sexta-feira no Galpão da Igreja Batista, localizado na Rua José Bandeira Vianna. Já no domingo, a partir das 9h30, a Defesa Civil fará uma caminhada com a comunidade para realizar o mapeamento da área.

“A intenção é que os moradores tenham a percepção das áreas de risco da comunidade, e isto vai acontecer através do curso e do mapeamento. Este passo é muito importante para garantir a segurança dos moradores”, afirmou Tenente Jaime Medeiros, subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civil. Após o término do curso, os participantes receberão equipamentos como botas, capas de chuva e camisetas, caso precisem enfrentar situações de fortes chuvas.

A primeira comunidade a receber a capacitação é o Rosário, mas conforme o trabalho de identificação das áreas de risco, realizado pelo DRM (Departamento de Recursos Minerais), outras nove localidades serão atendidas pelo Sistema de Alerta e Alarme em Teresópolis e também receberão o Núcleo. São elas: Perpétuo, Caleme, Vale da Revolta, Coreia, Granja Florestal, Fonte Santa, Quinta Lebrão, Fischer e Corta Vento.

Formados por líderes comunitários, policiais militares, bombeiros militares, guardas municipais, soldados do Tiro de Guerra e agentes de saúde que moram nas localidades, o projeto tem apoio da Defesa Civil Estadual e de organizações não governamentais como Fundação Abrinq, Care Brasil, Cruz Vermelha Brasileira e Viva Rio.

Texto: Carol Asthine
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis