Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Divulgação do III Encontro de Turismo UERJ Teresópolis

III Encontro de Turismo UERJ Teresópolis

Nos dias 05, 06 e 07 de agosto acontecerá em Teresópolis o Terceiro Encontro de Turismo. Evento aberto ao público e com o objetivo de apresentar os atrativos, serviços turísticos e gastronomia da cidade e região, estimulando o interesse pela atividade turística do município, por meio de uma feira de exposição de produtos turísticos e apresentação de projetos inovadores idealizados pelos universitários do curso de Turismo da UERJ. O evento contará com a presença de representantes do setor gastronômico e dos principais conhecedores dos atrativos naturais da região. 

Durante o evento também haverá um concurso de fotografia que acontecerá da seguinte forma: O candidato deverá mandar uma fotografia autoral dentro do tema do evento (atrativos naturais ou gastronomia da cidade de Teresópolis) para o e-mail: eventotur2014@gmail.com, até a data 30/07/2014, junto com seu nome e idade. Este será o prazo máximo para o envio das fotos e também será a forma de inscrição do candidato. As fotos pré-selecionadas para a votação serão expostas na UERJ - Teresópolis, durante todos os dias de evento. Os autores das três melhores fotos (eleitas por comissão julgadora) irão receber prêmios como jantar em um dos melhores restaurantes da região e estadia em um grande hotel da cidade. 

Inscrições abertas para apresentação de trabalhos no site:
  http://encontrouerj.wix.com/iiiencontrodeturismo O evento será realizado no campus da UERJ em Teresópolis. Avenida Lucio Meira, 259 – Centro (próximo a agência dos Correios).

Fonte:UERJ Teresópolis/divulgação

Show de Danilo Caymmi e Claudio Nucci marca abertura do Festival de Inverno em Teresópolis

 Show de Danilo Caymmi e Claudio Nucci marca abertura do Festival de Inverno em Teresópolis
 Show de Danilo Caymmi e Claudio Nucci marca abertura do Festival de Inverno em Teresópolis

Teresópolis, 29 de julho de 2014 - O tempo frio só serviu para deixar a Casa de Cultura Adolpho Bloch ainda mais aconchegante para a abertura oficial do Festival SESC de Inverno 2014, realizada neste domingo, 27 de julho. A tarde de festa reuniu autoridades, jornalistas e convidados no espaço cultural, em um descontraído brunch, seguido da cerimônia de abertura oficial do festival, que contou ainda com o aplaudido show dos cantores Danilo Caymmi e Claudio Nucci.

Promovido pelo SESC – Serviço Social do Comércio, e com o apoio da Prefeitura, o Festival de Inverno 2014 vem com o tema ‘Da cor da rua’ e conta com shows, peças de teatro, workshops, oficinas, apresentações de dança, música e atrações infantis, realizadas nos três principais municípios da Região Serrana: Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. Com programação iniciada no sábado, 26 de julho, as atrações vão até 10 de agosto e, por conta do tema de 2014, acontecerão em diversos espaços externos, como as praças Higino da Silveira, - a da Feirinha de Teresópolis, no Alto; Maria Corina Paim, na Barra do Imbuí; dos Expedicionários – a do Tiro de Guerra, no bairro de São Pedro, e a localidade de Bonsucesso, no interior, além das dependências do próprio SESC Teresópolis e a Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras, que sediou a abertura oficial.

Paineis expostos na área de circulação da Casa, com os projetos da Secretaria de Cultura, despertaram o interesse do público Eugênio Nascimento, Maurício Lopes, Arnaldo Almeida, Márcio Catão, Mauro Lopes Rego, Cléo Jordão e Ronaldo Fialho
Durante o evento, o diretor regional do SESC Rio, Mauro Lopes Rego, destacou a importância do evento. “É uma satisfação enorme estar de volta a Teresópolis, pois aqui, me sinto sempre em casa. O Festival de Inverno de 2014 quer levar os artistas à vida das pessoas. É uma proposta ousada, mas estamos convictos da importância da arte dialogar com o social. Só temos a agradecer o apoio do Poder Público e dos empresários da cidade que, mais uma vez, abraçaram nossa ideia, além dos teresopolitanos, pela excelente acolhida”, comentou Mauro.

O secretário de Cultura de Teresópolis, Arnaldo Almeida, deu as boas-vindas ao púbico, destacando a parceria entre o SESC e a Secretaria de Cultura. “Quando recebemos o convite para que a abertura do festival fosse realizada aqui, o sentimento foi de felicidade. Afinal, a Casa de Cultura é um espaço que respira cultura nos 365 dias do ano, com 1.200 alunos, inscritos em 19 cursos diferentes. Então, nada mais justo do que termos aqui a abertura do Festival de Inverno 2014. Ainda mais com o tema escolhido para este ano, que vai ao encontro de muitas de nossas propostas. Foi muito inteligente por parte do SESC escolher este mote, com atrações ao ar livre, permitindo um intercâmbio maior entre as atividades e a comunidade e facilitando o acesso total do público a espetáculos de excelente qualidade. Com certeza, o festival será um sucesso”, destacou, lembrando que, como resultado desta ampliação da parceria entre o SESC e a Prefeitura, outros projetos virão em breve.
O espaço cultural recebeu decoração especial, temática,  para marcar a abertura do festival 2014
Um brunch marcou a confraternização entre os convidadosA Casa de Cultura ficou lotada para a abertura do festival
A festa contou ainda com a presença do vice-prefeito, Márcio Catão, o gerente do SESC Teresópolis, Eugênio Nascimento, o secretário de Turismo, Ronaldo Fialho, a subsecretária de Cultura, Cléo Jordão, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Maurício Lopes, além de representantes da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis (Aciat), do Sincomércio e do Teresópolis Convention Bureau, entre outros.

Logo após a abertura oficial, o público foi brindado com o show de Danilo Caymmi e Claudio Nucci, explorando as sonoridades de voz, violão e flauta, em comemoração ao centenário de Dorival Caymmi. Durante uma hora e meia, a plateia se divertiu, deu risadas e cantou em coro sucessos como ‘Suíte dos Pescadores’, ‘O que é que a baiana tem?’, ‘Só louco’, ‘Maracangalha’ e ‘Marina’, entre muitas outras. “É um prazer estar em Teresópolis comemorando o centenário de Caymmi. Salve a Música Popular Brasileira e estes grandes mestres”, comentou o simpático Danilo Caymmi que, entre uma música e outra, interagiu com a plateia, contou histórias e piadas, divertindo a todos.

Também no repertório, canções do próprio Danilo, como ‘O bem e o mal’, ‘Andança’ e ‘Casaco Marrom’, além de clássicos de Claudio Nucci, como ‘Quero quero’, ‘Sapato velho’ e ‘Toada’, sucesso da época do grupo Boca Livre. “Foi muito bom estar aqui. A todos os organizadores, parabéns por esta bela iniciativa”, completou Claudio Nucci.

Público aplaude de pé

A Casa de Cultura ficou lotada para o show de Danilo Caymmi e Claudio Nucci, aplaudidos de pé ao fim da apresentação, com direito a pedidos de bis. E quem esteve presente, não se arrependeu. “Sempre gostei do Danilo, mas nunca havia assistido a um show. Não poderia perder. Adorei. E achei a Casa de Cultura perfeita para um show intimista como este”, enalteceu a artesã Graça Martignoni.

A médica Marialva Azevedo também era só elogios. “Sensacional. A Casa de Cultura funcionou muito bem, de forma aconchegante e confortável para todos. E o show foi maravilhoso. Adoro vir a eventos aqui”, comentou a médica, que ainda iria assistir ao show de Paulinho da Viola no mesmo dia, outra atração do Festival de Inverno.
Danilo Caymmi e Claudio Nucci encantaram a plateia por cerca de uma hora e meia

Programação

Também estava prevista para a Casa de Cultura a encenação da peça ‘Till, a saga de um herói torto’, com o grupo Galpão, um dos mais famosos do Brasil na modalidade de teatro de rua. Contudo, a peça foi transferida para a quadra do SESC, em virtude do mau tempo.

Toda a programação do Festival SESC de Inverno 2014 pode ser conferida no endereço eletrônico do SESC 

Texto: Geórgia Jahara
Fotos: Roberto Ferreira
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Secretarias municipais de Teresópolis em prédios próprios

Secretaria de Educação está se instalando em prédio próprio em Agriões
Prefeitura instala secretarias em prédios próprios e economiza dinheiro público- Lei que estabelece critérios de publicidade governamental também vai gerar economia

Teresópolis, 28 de julho de 2014 – A Prefeitura de Teresópolis começará a economizar um valor mensal significativo com a instalação, em prédios próprios, de várias secretarias e repartições municipais que funcionavam em imóveis alugados. Além disso, o cumprimento da lei municipal 3.315/2014, publicada em diário oficial no dia 17 de julho e que estabelece critérios de publicidade governamental e de identificação dos bens municipais, também vai gerar grande economia para os cofres públicos.

Desde o mês de abril, a Administração Municipal vem realizando reparos e serviços de adaptação nos prédios onde funcionavam o Fórum, na Avenida Lúcio Meira, no Centro, e o Juizado da Infância, Juventude e Idoso, na Rua Carmela Dutra, em Agriões. O uso dos imóveis pela Prefeitura cumpre acordo firmado com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro devido à cessão de parte do terreno, ao lado do Paço Municipal, para a construção do novo Fórum Juiz Ivo de Carvalho Werneck.

As obras de reforma do prédio do antigo Fórum, na Várzea, são acompanhadas pelo subsecretário de Estudos e Projetos, Carlos Tucunduva, responsável pela gestão do espaço. “A Prefeitura calcula que essa mudança vai gerar uma economia em torno de R$ 700 mil por ano com aluguéis. A instalação de 16 órgãos, entre secretarias e departamentos, facilita o acesso da população, pois a maioria dos setores faz atendimento ao público”, destacou.

O secretário de Administração, José Carlos Cunha, concorda. “São vários setores da Prefeitura funcionando no mesmo endereço, bem no centro da cidade, facilitando o acesso e a vida dos contribuintes e com espaço para o funcionário público atender melhor a população”, salientou Cunha. “Também está prevista a instalação de gabinetes para o prefeito e o vice-prefeito”, acrescentou.
Setores da Educação instalados em sede própria, em Agriões
Biblioteca municipal: acervo em arrumação para abertura ao público em breve
 O Centro Administrativo Municipal, na Várzea, vai abrigar 16 órgãos, entre secretarias e departamentos
Centro municipal na Várzea

Várias secretarias deram início à mudança e algumas já estão atendendo ao público no novo Centro Administrativo Municipal, na Avenida Lúcio Meira, 375, no centro da cidade. No local estão instaladas as secretarias municipais de Ciência e Tecnologia, Fiscalização de Obras Públicas, Meio Ambiente e de Trabalho e Emprego, além do setor administrativo da Secretaria de Obras, o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, eo setor de Perícia Médica, da Secretaria de Saúde. Nesta etapa de arrumação de móveis e equipamentos e de ligação telefônica, o atendimento ao público acontece provisoriamente das 9h às 17h.

Está em fase de mudança a Central de Regulação, da Secretaria Municipal de Saúde. A partir de segunda-feira, dia 28, também passa a funcionar no mesmo endereço a Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher. Ainda serão transferidos a Ouvidora Geral, alguns setores da Secretaria de Segurança Pública, as Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Orçamento Participativo e Relações Comunitárias, bem como o núcleo administrativo da Secretaria de Turismo. “Estamos trabalhando para que, a partir do dia 1º de agosto, todos os órgãos municipais estejam em pleno funcionamento no novo endereço”, disse Carlos Tucunduva.

Educação em Agriões

A Secretaria Municipal de Educação e o Conselho Municipal de Educação já se mudaram do antigo endereço, na Avenida Feliciano Sodré, e estão se instalando em um prédio próprio de três andares e estacionamento na Rua Carmela Dutra, 475, em Agriões. A arrumação de móveis, equipamentos e acervo ainda não foi concluída e os telefones estão na fase de ligação. Já a Biblioteca Municipal Antonio Paulo Capanema de Souza continua em processo de instalação para reabertura ao público.

“Tanto a Secretaria quanto a biblioteca saem de imóveis alugados para sede própria, gerando uma economia mensal de R$ 18 mil para os cofres públicos. Esses setores passam a funcionar em instalações adequadas, com espaço para atender as suas necessidades. A nova sede da Educação se transforma em um local de referência para a comunidade escolar e a população”, avaliou o secretário de Educação, Leonardo Vasconcellos.
 A Secretaria de Meio Ambiente já está atendendo ao público no novo endereço
 A Secretaria dos Direitos da Mulher está instalada na nova sede

Publicidade

Publicada em diário oficial no dia 17 de julho, a lei municipal 3.315/2014 regula a utilização dos símbolos municipais na identificação dos bens públicos e ações de governo. O objetivo é cumprir o princípio da impessoalidade, previsto no artigo 37 da Constituição Federal, evitando ações de marketing pessoal.

De acordo com a lei, bens públicos municipais, móveis e imóveis, incluindo veículos, equipamentos urbanos, sinalização de ruas, placas, painéis e cartazes, ou informativos de obras públicas, só poderão ser identificados pela bandeira do município. Além disso, os prédios e bens públicos municipais deverão ser pintados nas cores oficiais do Município, que são branco, azul e vermelho, com tonalidade idêntica à da Bandeira Municipal. As cores poderão ser usadas em conjunto ou separadamente.

O texto ainda recomenda que a publicidade de atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos devem ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, sem que estejam vinculadas a nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos, partidos políticos e entidades particulares.

Essa lei também vai gerar economia para os cofres públicos, uma vez que bens móveis e imóveis municipais terão sempre a mesma identificação visual oficial, evitando trocas de logomarca a cada mudança de administração municipal.

“Até agora, toda vez que entrava uma nova administração, eram trocados os antigos letreiros de escolas e postos de saúde, e os adesivos de identificação dos carros da Prefeitura, por exemplo, e colocada a marca do governo em vigor. Com essa lei, isso vai acabar”, comentou o secretário José Carlos Cunha, de Administração.

Os órgãos e entidades da Administração Municipal terão prazo de dois anos para se adequar à nova legislação.
 Setor administrativo da Secretaria de Obras funciona na nova sede, na Várzea

Fotos – crédito para Marcelo Rosa
Fonte-Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Teresópolis terá Plano de Resíduos Sólidos

Teresópolis adere à campanha de combate às hepatites virais

Serviços digitais do Procon-RJ registram 20 mil atendimentos

Rio lança Mapa de Ameaças Naturais 2014 nesta terça-feira (29.07)

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Núcleo de Imprensa
Rio de Janeiro, 28 de julho de 2014

Rio lança Mapa de Ameaças Naturais 2014 nesta terça-feira (29.07)

Trabalho da Defesa Civil do Estado contempla 460 ameaças naturais de desastre mais prevalentes nos 92 municípios fluminenses

A Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) lança, nesta terça-feira (29.07), o Mapa de Ameaças Naturais do Estado do Rio de Janeiro 2014, às 14 horas, no auditório do Complexo de Ensino Coronel Sarmento (CECS). O trabalho consiste em representar um diagnóstico das principais ameaças naturais de desastre do território fluminense em relação à prevalência de ocorrência e à magnitude dos eventos adversos causadores de danos humanos, materiais e ambientais e consequentes prejuízos socioeconômicos.

De acordo com o diretor da Escola de Defesa Civil (Esdec), tenente-coronel Paulo Renato Vaz, o Mapa de Ameaças demonstra um panorama dos perigos naturais que rondam o estado.

- Baseados nesta pesquisa, vamos oferecer às 92 Defesas Civis municipais um treinamento específico e intensivo para que elaborem e ponham em prática com antecedência seus planos de contingência para cada uma das ameaças citadas. Estamos não apenas identificando e hierarquizando os riscos, mas também tomando providências, afirmou o diretor.

Referência - A Defesa Civil do Estado do Rio virou referência pelo trabalho de redução de riscos de desastres nas Américas e no Caribe. A primeira edição do Mapa de Ameaças Naturais, lançada em 2012, está entre os cinco melhores estudos do continente na Plataforma Regional para Redução do Risco de Desastre nas Américas e na Plataforma Global da Suíça, condição avaliada pela Organização das Nações Unidas (ONU). No estudo – que auxilia na diminuição das vulnerabilidades do estado – são destacados os cinco principais riscos de cada cidade, como deslizamento, alagamentos, inundações, enxurradas, entre outros. 

O Mapa de Ameaças Naturais – que cumpre as diretrizes estabelecidas no Marco de Ação de Hyogo (instrumento mais importante para a implementação da redução de riscos de desastres adotado por 168 estados membros da ONU, incluindo o Brasil) – já está servindo de exemplo para outros estados e países.

– Temos o reconhecimento da comunidade científica internacional. Nossa meta é estimular a criação de planos de contingência não apenas no Estado do Rio, adequando as medidas às ações necessárias. Precisamos trabalhar com a preparação para evitar tragédias. Estamos deixando um legado para a população – disse o tenente-coronel Paulo Renato.

Os principais riscos registrados pela Defesa Civil na versão 2014
Na versão 2014 do mapa, os cinco riscos mais registrados no estado são:
- Deslizamentos (18%)
- Inundações (17,8%)
- Alagamentos (14,1%)
- Enxurradas (11,7%)
- Incêndios florestais (8,3%).

Na Região Serrana, por exemplo, municípios como Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis registram entre suas principais ameaças os deslizamentos e as inundações. Já em Bom Jardim, constam as inundações e as enxurradas. Na Baixada Fluminense, Duque de Caxias aponta maior prevalência de inundações e alagamentos; em Mesquita, inundações e enxurradas. Na Região Metropolitana, Niterói registra maior risco de deslizamentos e de corrida de massa (lama/solo); e São Gonçalo, alagamentos e quedas/tombamentos. Na capital, os registros de maior prevalência são os deslizamentos e os alagamentos.

O evento de lançamento do Mapa de Ameaças Naturais 2014 será presidido pelo secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Sérgio Simões, e contará com a presença de prefeitos e secretários municipais de Defesa Civil de todo o estado. 

SERVIÇO
Lançamento do Mapa de Ameaças Naturais 2014
Local: Complexo de Ensino Coronel Sarmento - Av. Brasil nº 23.800, Guadalupe
Data: 29.07 – terça-feira
Horário: 14 horas

Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Sesc oferece transporte gratuito para o Festival de Inverno em Teresópolis, em rotas de ônibus especiais

Sesc oferece transporte gratuito para o Festival de Inverno, em rotas de ônibus especiais //  Trajetos que ligam Alto e Posse a Várzea, terão linhas gratuitas e disponíveis ao longo de todo o dia, até o final do Festival
Sesc oferece transporte gratuito para o Festival de Inverno, em rotas de ônibus especiais- Trajetos que ligam Alto e Posse a Várzea, terão linhas gratuitas e disponíveis ao longo de todo o dia, até o final do Festival

O Festival Sesc de Inverno, que começou neste fim de semana, traz uma novidade que promete integrar ainda mais o público às atrações que serão oferecidas. Trata-se de linhas de ônibus específicas, que levarão de graça quem for se deslocar até o local das apresentações. Afinal, não vai ser por falta de transporte que o público vai perder a intensa programação de teatro, dança, literatura, cinema, shows musicais, entre outras atrações. Opções variadas para agradar a todos e fazer com que desfrutem das atividades programadas. 

As linhas circularão entre locais estratégicos e os pontos de ônibus da cidade já começaram a receber informativos com os detalhes de horários. Em Teresópolis, a primeira rota faz percurso que compreende os bairros de Alto e Várzea, domingo, terça e quarta-feira entre 11h e 23h e quinta, sexta, sábado de 12h às 24h. Já o outro percurso liga Posse também a Várzea nos mesmos dias e horários. As linhas especiais estarão em circulação durante os 16 dias de evento, que começa no próximo sábado, 26/7, e vai até o dia 10/8. A programação completa pode ser encontrada no site: 

Fonte:Diana de Pedro Cavalcanti / Sesc Rio

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Google capacita 50 empresas do programa estadual Startup Rio

Google capacita 50 empresas do programa estadual Startup Rio
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Núcleo de Imprensa
Rio de Janeiro, 25 de julho de 2014

Google capacita 50 empresas do programa estadual Startup Rio

O Google encerrou ontem o projeto Google Launchpad no Rio de Janeiro, um curso intensivo e exclusivo para as 50 startups. Estas empresas integram o programa Startup Rio, do Governo do Estado, que tem como objetivo ajudar empreendedores do setor de tecnologia iniciantes no mercado, funcionando como uma plataforma de lançamento de ideias. O treinamento contou com 12 especialistas, sendo oito estrangeiros, que compartilharam experiências sobre temas como estratégia e tecnologia de produto, interface para o usuário, desenvolvimento de aplicações web e mobile, marketing e desenvolvimento de negócio. O Rio foi a quarta cidade do mundo a receber o Google Launchpad, depois de Tel Aviv, Atenas e Londres.

– A gente escolhe a cidade que vai receber o programa Google Launchpad com base no ecossistema de empreendedorismo digital. E o Google, que já foi uma startup, verificou que o Brasil e o Rio têm um grande ecossistema e iniciativas do governo que estão apoiando esses empreendedores. Uma das coisas mais interessantes do empreendedorismo digital contemporâneo é que todos os mercados estão sendo impactados por ele e por essasstartups, que são o futuro – afirmou o gerente de Relações com Desenvolvedores do Google Brasil, José Papo. 

A psicóloga Silviane Paz e o engenheiro Rodolfo Canedo Mesquita desenvolveram o aplicativo My Care, um diário de bem-estar que dá informações sobre pacientes, principalmente os que estão em tratamento psiquiátrico, entre as consultas. A intenção é indicar como eles estão reagindo à terapia e às medicações. Os dados são reunidos em um relatório final, que propiciará ao médico acompanhar a evolução do paciente.

– A maioria dos projetos que estão aqui não sairiam do papel se não tivessem o apoio do governo estadual. Além disso, as empresas vão movimentar o mercado – disse a psicóloga.

O programa Startup Rio, da Secretaria de Ciência e Tecnologia, é uma iniciativa público-privada que visa o desenvolvimento do empreendedorismo, transformando o Rio de Janeiro em um polo de referência em tecnologia digital.

– Startup é uma empresa emergente que normalmente começa com uma ideia em torno do desenvolvimento de um novo produto, que vai atender uma necessidade do mercado. Então temos startups de todos os tipos, todas usando essas ferramentas de tecnologia de informação. Com a criação delas, você diversifica a economia, cria novas empresas e empregos. As pessoas chegam com uma ideia, e nesse programa educacional, elas vão aprender sobre empreendedorismo e desenvolvimento de produto e criação – disse o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Augusto Raupp.

O publicitário Bernardo Kircove, junto com outros dois amigos, teve a ideia de criar a plataforma Edools, que vai ajudar instituições a criarem ambientes de ensino a distância de uma forma mais rápida e flexível, se adaptando às necessidades e aos diferentes tipos de uso.

– O programa das startups cumpre um papel importante na sociedade. As ideias precisam de apoio e de incentivo para virar produtos e, depois, empresas. Esse processo é muito mais demorado quando não se tem esse incentivo – afirmou Bernardo.

No programa Startup Rio, 50 projetos foram selecionados, e os envolvidos receberam até R$ 100 mil de apoio da Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa no Estado do Rio de Janeiro) para desenvolverem as suas ideias no período de nove meses. Além das bolsas, a Secretaria de Ciência e Tecnologia cedeu um espaço para que as pessoas possam trabalhar. O local é o antigo prédio da faculdade de Direito da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), no Catete, que foi reformado para criar um escritório compartilhado e funcionar como uma incubadora. Um edital será elaborado até novembro para a criação de uma nova turma do projeto Startup.

Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Delegacia de Nova Iguaçu RJ é eleita a melhor do Brasil

Delegacia de Nova Iguaçu RJ é eleita a melhor do Brasil
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Núcleo de Imprensa
Rio de Janeiro, 25 de julho de 2014

Delegacia de Nova Iguaçu é eleita a melhor do Brasil
Avaliação internacional tem foco no atendimento ao público 

O bom atendimento à população fez com que a 52ª DP, em Nova Iguaçu, fosse eleita a melhor delegacia do Brasil em 2013. A avaliação foi feita pela ONG Altus Aliança Global, que analisa a segurança pública em todo o mundo. O investimento na capacitação da equipe e a política de aproximação de policiais com a comunidade estão entre os projetos especiais que garantiram a nova posição da distrital, que ficou em último lugar no ranking de 2011.

No mês passado, a delegada-titular Juliana Amorim esteve em Antígua, na Guatemala, para receber o prêmio. A policial se inspirou no projeto do Governo do Estado que transformou, em janeiro de 2013, a 52ª DP em Delegacia Legal, e propôs alterações na forma de os agentes se relacionarem com o público. O bom resultado lhe garantiu o reconhecimento. Atualmente, a delegada assumiu a 53ª DP, em Mesquita, onde já está implementando mudanças para aperfeiçoar o atendimento ao público no local.

– Percebi que precisava estimular a minha equipe a se aproximar mais da população. Aproveitei que estávamos com um espaço novo para começar uma diferente abordagem com o público. Iniciamos os trabalhos convidando adolescentes para conhecer a estrutura da delegacia. Os próprios policiais faziam palestras e contavam a história de suas vidas – disse a delegada.

Ano passado, a Delegacia de Nova Iguaçu recebeu a visita de mais de cem alunos. A iniciativa foi levada para a distrital de Mesquita, por onde já passou um grupo de adolescentes de uma escola pública da região. 

– A equipe de Mesquita abraçou a ideia e colabora com sugestões. A meta é mostrar para as crianças a importância da polícia. Estamos adaptando a linguagem das palestras. Para os adolescentes, o foco é conquistar a confiança deles e mostrar o certo e o errado – explicou a delegada.

Com 28 anos de atuação na polícia, o comissário Epitáfio Araújo aprovou a implementação dos projetos inovadores na Delegacia de Mesquita.

– A delegada está mudando a forma de a população ver o nosso trabalho. Mensalmente participamos de cafés comunitários para ouvir as demandas dos moradores e passamos a receber elogios – afirmou o policial. 

Na avaliação do comissário Juarez Gomes, que foi transferido de Nova Iguaçu para Mesquita junto com a delegada, a experiência de trabalhar mais próximo dos moradores é ótima para aprimorar o trabalho dos próprios agentes.

– Acompanhei a implementação das palestras na Delegacia de Nova Iguaçu e vi o quanto o diálogo com policiais ajuda a conquistar a confiança da população. Hoje em Mesquita estamos fazendo um trabalho de “formiguinha”, mas que sei que surtirá efeito – disse o comissário.
delegada-titular Juliana Amorim

Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Teresópolis participa do Seminário Cultura no Interior Fluminense

Teresópolis participa do Seminário Cultura no Interior Fluminense
Teresópolis participa do Seminário Cultura no Interior Fluminense 

Teresópolis, 24 de julho de 2014 – Na próxima segunda-feira, 28, será realizado em Cachoeiras de Macacu o Seminário Regional Cultura no Interior Fluminense. O encontro, iniciativa do Fórum de Gestores Públicos de Cultura da Região Serrana, tem como objetivo auxiliar os municípios da região a organizar seu CPF da Cultura (Conselho, Plano e Fundo), através da colaboração e consultoria solidária das cidades vizinhas. Teresópolis terá participação efetiva no evento, com palestra a ser ministrada pelo Secretário de Cultura, Arnaldo Almeida.

Durante o seminário, serão realizadas quatro palestras, ministradas por gestores de municípios que já concluíram seu CPF. São elas: Sistema Municipal de Cultura, tema a ser abordado por Cristina Sacchetto; Conselho de Políticas Culturais, com Wellington Lyra; Fundo Municipal de Cultura, com Leonardo Cerqueira, e Plano Municipal de Cultura, tema a ser explorado pelo Secretário de Cultura de Teresópolis, Arnaldo Almeida.

Além das palestras, será realizado ainda um debate acerca da Lei do Sistema Estadual de Cultura, onde gestores e agentes culturais da sociedade civil vão avaliar o quanto e de que forma o interior fluminense está sendo contemplado na proposta atual da Lei. As atividades acontecerão no Cine Teatro Paschoal Guida, das 9h às 17h.

“Este seminário foi pensado para que as cidades que compõem o Fórum e que ainda tem pendências relativas ao seu Sistema Municipal de Cultura possam ser ajudadas a avançar e concluir esta etapa. Por isso, é fundamental a participação de todos. É muito importante que todas as cidades que fazem parte do Fórum estejam em dia com estas obrigações, o CPF, fortalecendo assim ainda mais a cultura da nossa região”, avalia o Secretário de Cultura, Arnaldo Almeida, lembrando que o seminário terá ainda grupos de trabalho sobre cada etapa do CPF, onde os municípios poderão ter seus casos individualmente avaliados e orientados, com esclarecimento de dúvidas.

Texto: Geórgia Jahara
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Polícia Civil do Estado do Rio forma 414 novos inspetores de polícia

Polícia Civil do Estado do Rio forma 414 novos inspetores de polícia
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Núcleo de Imprensa
Rio de Janeiro, 24 de julho de 2014

Polícia Civil forma 414 novos inspetores de polícia

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro recebeu, nesta quinta-feira (24/07), um importante reforço: 414 novos inspetores de Polícia. A turma foi composta dos aprovados chamados na segunda convocação do concurso, em que outros 1.114 inspetores se formaram em dezembro do ano passado.

Os futuros policiais passaram por cinco meses e meio de curso, em um total de 840 horas de aula, sendo 740 práticas e teóricas e 100 de estágio em delegacias. O curso foi dividido em quatro módulos: básico, instrumental, operacional e profissionalizante.

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, ressaltou a importância da convocação dos excedentes para a segurança no estado.

- O Estado sofre com um déficit de policiais. Sempre é um interesse aumentar o número dos agentes. Já estamos brigando pelos excedentes do concurso de oficial de cartório - afirmou Beltrame.

Em discurso o chefe de Polícia Fernando Veloso elogiou a persistência dos novos policiais e destacou que o grupo não é excedente, mas sim excelente.

- Estamos todos emocionados com esta formatura. Cada um venceu dentro de suas dificuldades. Somos uma grande engrenagem e todos são indispensáveis. Espero que vocês ajudem a polícia a se fortalecer e a tornar-se coesa, é o que a sociedade precisa - afirmou ele.
Segundo a diretora da Academia de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), delegada Jéssica Oliveira, um dos pontos importantes do curso foram as aulas que os alunos tiveram sobre políticas públicas voltadas aos grupos vulneráveis.

- A iniciativa aconteceu através de uma parceria com a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. As aulas serviram para orientar os novos inspetores no atendimento às vítimas de preconceito, como homossexual e racismo.

Outro diferencial do curso foi a matéria “Atuação integrada de segurança nos grandes eventos”.

- As aulas desta matéria têm como objetivo qualificar os nossos alunos para as Olimpíadas de 2016. Elas foram incluídas em todos os próximos cursos de formação da Academia - afirmou Jéssica Oliveira.

Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Atrações do Festival de inverno Sesc Rio 2014 na serra: Pitty, Raimundos, Gabriel o Pensador, Danilo Caymmi , Almir Sater, Ira ,Marcelo D2, Natiruts, Paulinho da Viola, Capital Inicial ,Beth Carvalho, Mart`nália, Baby do Brasil ,Cláudio Nucci e outros

Festival  Sesc de Inverno 2014
Destaques musicais do Festival sesc de Inverno 2014 na região serrana do Rio: Teresópolis- Petrópolis e Nova Friburgo RJ

Teresópolis:

  • Dia 27/07/14 (dom) 14h-Danilo Caymmi e Claudio Nucci- Música - Casa de Cultura Adolpho Bloch - Teresópolis 19h30-Paulinho da Viola - Música - Sesc Teresópolis, Quadra - Teresópolis 
  • Dia 30/07/14 (qua)-20h- Orquestra Popular Bomba do Hemetério-Música - Sesc Teresópolis, Quadra - Teresópolis
  • Dia 31/07/14 (qui)-18h- Mangabrothers - Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis  20h- Duo GisBranco - Música - Sesc Teresópolis, Teatro - Teresópolis
  • Dia 01/08/14 (sex)20h- Marcelo D2 - Música -Praça do Alto Teresópolis
  • Dia 02/08/14 (sáb)- 15h- Rádio Lixo -Música - Praça do Alto Teresópolis  18h- Brenno Be e o Universo Pop - Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis 20h- Pitty -Música - Praça do Alto - Teresópolis
  • Dia 03/08/14 (dom)- 13h- Tardes Musicais - No Tom do Acordeom-Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis 19h- IRA! Música - Praça do Alto - Teresópolis
  • Dia 07/08/14 (qui)-18h- Luna Comet -Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis 21h- Gabriel, o Pensador Música - Sesc Teresópolis, Quadra - Teresópolis
  • Dia 08/08/14 (sex)- 18h- Lucas de Moraes Canta Caymmi - Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis 21h30- Almir Sater- Música - Sesc Teresópolis, Quadra - Teresópolis
  • Dia 09/08/14 (sab)- 18h- Gó Gó Boys - Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis
  • Dia 10/08/14 (dom)- 13h- Tardes Musicais - Bossa Sempre Nova - Música - Sesc Teresópolis, Sesc Café - Teresópolis 19h30- Baile do Almeidinha- Música - Sesc Teresópolis, Quadra - Teresópolis 
Petrópolis:

  • Dia 27/07/14 (dom) 11h-Homenagem a Lupicínio Rodrigues, com Felipe Depoli -Música - Sesc Quitandinha, Lago - Petrópolis 
  • Dia 29/07/14 (ter)-19h -Orquestra Popular Bomba do Hemetério Música - Praça Dom Pedro - Petrópolis
  • Dia 30/07/14 (qua)-19h- Grupo Habanera Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis
  • Dia 31/07/14 (qui)-17hFlautistas da Proarte – A Pequena África Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis
  • Dia 01/08/14 (sex)20h-Gabriel, o Pensador -Música - Sesc Nogueira, Quadra - Petrópolis
  • Dia 02/08/14 (sáb)- 19hVersos que atravessam o Atlântico e B negão -Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis 20h-  Danilo Caymmi e Claudio Nucci - Música - Sesc Quitandinha, Teatro - Petrópolis
  • Dia 03/08/14 (dom)- 11hDuo Instrumental - João Felippe e Gustavo TibiMúsica - Sesc Quitandinha, Lago - Petrópolis 19h- Paulinho da Viola Música - Sesc Quitandinha, Teatro Mecanizado - Petrópolis
  • Dia 06/08/14 (qua)-20h- Duo GisBranco Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis
  • Dia 07/08/14 (qui)-19h-Mariano Trio - Homenagem aos 70 anos do Palácio Quitandinha Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis 21h- Baile Charme Música - Sesc Quitandinha, Teatro - Petrópolis
  • Dia 08/08/14 (sex)- 20hMart’nália -Música - Sesc Nogueira, Quadra - Petrópolis  21h- Raimundos Música - Parque Municipal de Petrópolis - Petrópolis
  • Dia 09/08/14 (sab)- 21h- Natiruts Música - Parque Municipal de Petrópolis - Petrópolis 
  • Dia 10/08/14 (dom)- 17h-Bloco d’O Passo Música - Sesc Quitandinha, Café Concerto - Petrópolis 20h- Capital Inicial -Música - Parque Municipal de Petrópolis - Petrópolis
Nova Friburgo:
  • Dia 26/07/14 (sab) 20h-Orquestra Popular Bomba do Hemetério Música - Praça Demerval Barbosa Moreira - Nova Friburgo
  • Dia 27/07/14 (dom) 19hPitty Música - Praça Demerval Barbosa Moreira - Nova Friburgo 
  • Dia 30/07/14 (qua)-20h- Combo S/A Música - Sesc Nova Friburgo, Palco das Artes - Nova Friburgo
  • Dia 31/07/14 (qui)-20hAlmir Sater Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo
  • Dia 01/08/14 (sex)20h-Mart’nália Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo 
  • Dia 02/08/14 (sáb)- 20hPaulinho da Viola Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo
  • Dia 03/08/14 (dom)- 19h- Baile Charme Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo
  • Dia 06/08/14 (qua)-19h30Punk Rock Circus Música - Sesc Nova Friburgo, Palco das Artes - Nova Friburgo
  • Dia 08/08/14 (sex)- 21hBaile do Almeidinha Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo 
  • Dia 09/08/14 (sab)- 21h30Beth Carvalho Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo
  • Dia 10/08/14 (dom)- 19h30-Baby do Brasil Música - Sesc Nova Friburgo, Quadra - Nova Friburgo
*Atenção: a programação pode sofrer alterações sem notificação prévia

Festival Sesc de Inverno 2014 - Destaque teatral inédito na região serrana do Rio

Festival Sesc de Inverno 2014  - Destaque teatral inédito na região serrana do Rio
A peça “Romeu e Julieta – o encontro de Shakespeare e a cultura popular”, inédita no Rio, abre a programação teatral do Festival Sesc de Inverno em Petrópolis em uma releitura regional de uma das tragédias mais reconhecidas internacionalmente

No próximo dia 26/7, Petrópolis recebe, ao ar livre, a primeira montagem teatral do festival. O Instituto Garajal, que assina a montagem, realiza a oficina “Ritmos de Rua” no dia seguinte

O projeto Palco Giratório, que se destaca pela diversidade cultural de companhias teatrais, aterrissa na manhã do primeiro dia do Festival Sesc de Inverno em Petrópolis, com a peça “Romeu e Julieta – o encontro de Shakespeare e a cultura popular”. Inédita no Rio, a montagem do Instituto Garajal será encenada às 11h do dia 26/7, na Praça D. Pedro. No lugar da versão tradicional da tragédia de William Shakespeare, que se passa em Verona, na Itália, e foi escrita entre 1591 e 1595 contando a história de dois jovens de famílias rivais que se apaixonam – Julieta Capuleto e Romeu Montecchio -, o Instituto Garajal apresenta uma releitura do texto clássico. Agora, a história de amor mais encenada no planeta é transposta para um terreiro de reisado, festa típica do regionalismo nordestino. A entrada é franca tanto para o espetáculo quanto para a oficina que o grupo ministrará no dia 27/7.

A ela são agregadas as figuras de Mateus, Catirina e Jaraguá, além de príncipes e guerreiros a mediar o embate dos Montecchio e dos Capuleto, duas famílias que não se entendem e conspiram para o trágico desfecho. A expressão corporal é apoiada em lutas de espadas, danças e brincadeiras, como pau de fita e roda de coco. Uma escada de madeira para pintor é convertida em principal suporte cenográfico e se transforma, por exemplo, na clássica cena dos namorados na sacada de uma janela. Os artistas jogam com todos esses elementos na gangorra entre o bardo inglês e o folguedo brasileiro.

Para transmitir ao público uma pitada do conhecimento da cultura popular, o Instituto Garajal realiza a oficina “Ritmos de Rua” no dia 27/7, das 13h às 20h, no Sesc Quitandinha. Ela é desenvolvida por atores-palhaços que têm o objetivo de apresentar o universo artístico a partir da cultura nordestina. Como ensinar noções de técnicas de teatro de rua popular, técnicas circenses, danças e músicas tradicionais, como reisado, cabaçal, mineiro-pau e maracatu cearense, entre outras.

A proposta da peça e da oficina é fortalecida nas experiências que o Garajal acumula. Ao longo de uma década, o Instituto da cidade de Maracanaú mantém o foco no processo da valorização da memória da cultura popular tradicional. E valoriza a figura do palhaço e das técnicas circenses em processos formativos culturais para estudantes, além da efetivação da formação de plateia na cidade. Assim, o grupo se define em três eixos: pesquisa, criação da obra e formação cultural.
A peça “Romeu e Julieta – o encontro de Shakespeare e a cultura popular”Festival Sesc de Inverno 2014

Palco Giratório: Os espetáculos do Palco Giratório, uma realização do Sesc no Brasil, se destacam pela diversidade cultural das companhias de teatro selecionadas. São 30 peças que circulam pelo país nos pequenos e grandes centros promovendo a circulação de linguagens, estéticas e temas regionais.

Instituto Garajal: Contribui para o fortalecimento das raízes da arte popular, sua memória histórica, regata seus mestres e conscientiza culturalmente as pessoas. Tudo isso a fim de manter acesa a chama da cultura popular, das artes cênicas, circenses, do folclore, e assim preservar e ajudar a conservar o Patrimônio cultural e histórico do país. O Grupo Garajal, consciente de seu papel na cultura, realiza estudos e pesquisas visando defender e preservar o desenvolvimento cultural e humano.

Ficha Técnica:
Texto/concepção: William Shakespeare.
Direção: Mário Jorge Maninho e Diego Mesquita.
Adaptação e tradução: Victor Augusto.
Trilha sonora: Maurício Rodrigues.
Concepção e Direção Musical: Maurício Rodrigues.
Cenografia: Grupo Garajal.
Figurinos: Dielan Viana e Lu Nunes.
Portfólio e Fotografias: José Roberto Oliveira

Serviço:
Espetáculo “Romeu e Julieta – O encontro de Shakespeare e a cultura popular”
Local: Praça D. Pedro, Centro, Petrópolis RJ.
Dia: 26/7/2014
Horário: 11h.
Classificação indicativa: Livre.
Preço: Gratuito.
Duração do espetáculo: 70 minutos.

Oficina Ritmos da Rua
Local: Sesc Quitandinha – Salão Social III
Endereço: Av. Joaquim Rolla, 2, Petrópolis.
Informações para a oficina: (24) 2245-2020
Disponibilidade: 20 vagas.
Dia: 27/7/2014
Horário: Entre 13h e 20h.
Classificação indicativa: Livre.
Preço: Gratuito. 

Fonte:Mariana Trigo/ Sesc Rio

UNIFESO Teresópolis realiza Vestibular de Inverno

O Vestibular de Inverno para o curso de Medicina do UNIFESO atraiu cerca de 1500 candidatos do país inteiro
UNIFESO realiza Vestibular de Inverno

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizou no dia 19 de julho o Vestibular de Inverno 2014 para Medicina. O processo seletivo atraiu cerca de 1500 candidatos do país inteiro na disputa das 72 vagas oferecidas para o segundo semestre de 2014. A prova incluiu uma redação e 80 questões objetivas.

A expectativa dos candidatos foi bem grande, muitos deles com a disposição de trocar de estado em busca do tão sonhado curso de Medicina. Entre eles Sergio Stein, que veio de Joinville (SC) por indicação de uma amiga que já estuda no UNIFESO. “Ela me falou muito bem do método de ensino e dos estudantes, que são muito unidos”, disse. Paula Penna, de Conselheiro Lafaiete (MG), está tentando pela segunda vez o vestibular. “A referência que tenho de amigos que estudam aqui é de uma instituição de ótima qualidade e espero passar para começar logo”, disse a candidata, ansiosa.

O triste episódio de um acidente de carro fez a candidata Karolina Kari, filha da enfermeira Kátia Regina Kari, se interessar por Medicina e escolher o UNIFESO. “Em Mauá, onde moramos, minha filha foi atendida por um médico muito competente. Falando sobre a formação dele, contou que desde o primeiro período já atuava em cenário de prática absorvendo experiências que o levaram a ser este excelente profissional de hoje”, contou Kátia, elogiando também a Recepção aos Pais, “muito boa porque passa a imagem de uma Instituição séria e que se importa com o bem estar dos nossos filhos”. A professora Edna Prato trouxe a filha Natália do interior de São Paulo também por recomendação de amigos que estão matriculados no curso. “Esta é a segunda vez que ela tenta e estou na torcida para que passe”.

O candidato não classificado para o curso de Medicina e em espera para classificação poderá fazer reopção para os cursos de Odontologia, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Farmácia e Ciências Biológicas, com início no primeiro semestre de 2015 (desde que haja vaga).

Outros cursos 

Também para o segundo semestre de 2014 o UNIFESO oferece vagas para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Ambiental e Sanitária e Engenharia de Produção. No dia 21 foi realizada a prova para o Vestibular de Inverno 2014.

Tainá Vicente Pacheco, de Guapimirim (RJ), subiu a serra em busca de uma formação que lhe abra as portas do mercado de trabalho. “Optei pelo curso de Administração pelo fato de ter um leque de oportunidades e lugares para se atuar, já que em diversos segmentos há necessidade de um administrador”, analisou a candidata. Já Yuri Habib aposta que vai exercer atividades jurídicas por ter vocação para a área, por isso escolheu Direito. “Eu sei que é bem concorrido, mas penso que temos que correr atrás do que gostamos e o melhor para nós. Conheço pessoas que já estão cursando e sempre dispensaram elogios à faculdade”, justificou o estudante.

Quem perdeu a prova de 21 de junho ainda tem chance de ingressar na faculdade pelo Vestibular Agendado (exceto para Medicina), que acontece o ano todo. Os candidatos podem optar pelas graduações com ingresso e matrículas semestrais – Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Ambiental e Sanitária e Engenharia de Produção – ou com ingresso e matrículas anuais – Ciência da Computação, Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura), Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Odontologia e Pedagogia.

A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo site ou na Gerência de Comunicação e Marketing (Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto). Na inscrição o candidato deve preencher a ficha, optar pelo Vestibular Agendado, retirar o comprovante e agendar a prova no Setor de Seleção-Ingresso-Matrícula (SIM) na SEGEN, de segunda a sexta, das 9h às 11h e das 14h às 18h. O Vestibular Agendado permite ainda o ingresso pelo ENEM, com inscrição pelo site ou na Gerência de Comunicação e Marketing.

Outras formas de acesso aos cursos do UNIFESO são transferência interna, transferência externa, religamento e reingresso, cujos editais estão disponíveis no site.

Fonte:Unifeso Clipping (Jornalismo)

Grupo Galpão abre a 13ª edição do Festival Sesc de Inverno em Teresópolis com o espetáculo “Till, a saga de um herói torto”

Grupo Galpão abre a 13ª edição do Festival Sesc de Inverno em Teresópolis com o espetáculo “Till, a saga de um herói torto”
Grupo Galpão abre a 13ª edição do Festival Sesc de Inverno em Teresópolis com o espetáculo “Till, a saga de um herói torto”

Montagem da consagrada companhia estreia o festival ao ar livre, com apresentação inédita no Rio

Para dar início ao Festival Sesc de Inverno em Teresópolis, a cidade recebe o reconhecido Grupo Galpão, uma das companhias mais importantes do cenário teatral brasileiro. Com mais de 30 anos de história, o grupo apresenta o espetáculo “Till, a saga de um herói torto” na Praça Juscelino Kubitscheck, às 18h. Inédita no Rio, a peça se destaca por ser uma das quatro do grupo com direção de integrantes. Júlio Maciel dirige a montagem que alia um grande poder de comunicação com o público através de uma aprofundada pesquisa cênica e um alto rigor técnico teatral.

O Galpão, que tem a fama de sempre hipnotizar as plateias com cenários e figurinos multicoloridos e impactantes em suas montagens, dessa vez conta a história de seu herói Till ao ar livre, na fria cidade serrana aquecida pelo início das atrações do festival. Na história, o Demônio aposta com Deus que se tirassem algumas qualidades do homem, ele cairia em perdição. Deus, aceitando o desafio, resolve trazer ao mundo a alma de Till. Vivendo em uma Alemanha miserável, povoada de personagens grotescos e espertalhões, o protagonista logo é abandonado em meio ao frio e à fome e descobre que a única maneira de sobreviver é se tornar ainda mais esperto e dissimulado.

Assim começa sua longa caminhada, repleta de presepadas e velhacarias. Criado pela cultura popular alemã da Idade Média, Till é o típico anti-herói que age com diversas artimanhas e é dotado de um charme irresistível. Um personagem que tem parentesco com tipos de várias culturas, como, por exemplo, o ibérico Pedro Malasartes e o brasileiríssimo Macunaíma. Em um mundo onde é cada vez mais corriqueira a presença dos excluídos e desprovidos de qualquer suporte material, a parábola das aventuras do anti-herói Till Eulenspiegel apresenta uma contemporaneidade inquietante.

Com este cenário de fácil identificação popular, a peça já realizou 120 apresentações em mais de 68 cidades e agora aporta no Festival Sesc de Inverno. Além de Teresópolis, a obra será apresentada no dia 27/7 no lago do Sesc Quitandinha, às 18h, e no Sesc Nova Friburgo no dia 29/7, às 18h, na Praça Demerval.
Grupo Galpão abre a 13ª edição do Festival Sesc de Inverno em Teresópolis com o espetáculo “Till, a saga de um herói torto”

Grupo Galpão – Criado em 1982, o Galpão é reconhecido por dialogar cenicamente com o popular e o erudito, o tradicional e o contemporâneo, o teatro de rua com o palco e o regional brasileiro com uma linguagem internacional. O grupo é formado por atores que trabalham com diferentes diretores convidados, como Gabriel Villela, Cacá Carvalho, Paulo José, Paulo de Moraes, Yara de Novaes e Jurij Alschitz, entre outros. Nestes 32 anos de existência, o Galpão já participou de 41 festivais internacionais na Europa, América Latina, Estados Unidos e Canadá. No Brasil, foram 70 festivais em todas as regiões do país. E foi o único grupo brasileiro a se apresentar no “Globe Theather”, em Londres (no qual já realizou duas temporadas). O Grupo possui 21 montagens no currículo e mais de 100 prêmios brasileiros, com destaques para o “Prêmio Shell” (1994, Rio de Janeiro), nas categorias melhor direção, melhor figurino e melhor iluminação, e para os prêmios do estado de Minas Gerais “Usiminas Sinparc” e “Sesc Sated”, de reconhecimento cultural pelos 25 anos de Atividades.

Ficha técnica:

Elenco
Antonio Edson (Borromeu / Povo / Anão)
Arildo de Barros (Parteira / Juiz / Camponês / Carrasco / Padre / Miserável)
Beto Franco (Parteira / Português / Padre / Camponês / Miserável)
Chico Pelúcio (Demônio / Camponês / Voz do Soldado)
Eduardo Moreira (Doroteu / Povo)
Inês Peixoto / Paulo André (Till)
Lydia Del Picchia (Parteira / Consciência / Cozinheira / Menino)
Simone Ordones (Alceu / Povo)
Teuda Bara / Regina Souza (Mãe / Miserável)

Equipe Técnica
Direção: Júlio Maciel
Texto: Luís Alberto de Abreu
Cenografia e Figurino: Márcio Medina
Direção musical - arranjos, adaptações e composições: Ernani Maletta
Preparação corporal para cena: Joaquim Elias
Iluminação: Alexandre Galvão, Wladimir Medeiros
Caracterização: Mona Magalhães
Adereços: Luiza Horta, Marney Heitmann, Raimundo Bento
Sonorização: Alexandre Galvão
Cenotécnica e contrarregra: Helvécio Izabel
Preparação vocal: Babaya
Construção do palco: Tecnometal
Fotos: Guto Muniz / Casa da Foto
Produção executiva: Beatriz Radicchi
Direção de produção: Gilma Oliveira
Produção: Grupo Galpão

EQUIPE GRUPO GALPÃO
Gerência executiva: Fernando Lara
Coordenação de produção: Gilma Oliveira
Consultoria de planejamento: Romulo Avelar
Coordenação de planejamento: Ana Amélia Arantes
Coordenação de comunicação: Beatriz França
Coordenação administrativa: Wanilda D’artagnan
Coordenação técnica e iluminação: Rodrigo Marçal
Produção executiva: Beatriz Radicchi
Cenotécnico: Helvécio Izabel
Sonorização: Vinícius Alves
Assistência de produção: Evandro Villela
Analista de comunicação: Ana Carolina Diniz
Assistência de planejamento: Natálha Abreu
Assistência financeira: Renata Ferreira
Assistência administrativa: Andréia Oliveira
Auxiliar técnico: William Teles
Recepção: Cídia Santos
Serviços gerais: Lê Guedes

Serviço:

“Till, a saga de um herói torto”


Teresópolis
Endereço: Praça Juscelino Kubitscheck
Data: 26/7/2014
Horário: 19h
Classificação indicativa: Livre.
Preço: Gratuito.
Duração: 90 minutos.


ATENÇÃO: O espetáculo "Till, a saga de um herói torto" que abre o Festival Sesc de Inverno em Teresópolis, foi transferido do anfiteatro da Casa de Cultura para a quadra do Sesc Teresópolis, por conta da chuva que atinge a cidade. A apresentação se mantém às 19h, com entrada gratuita, mas é necessária a retirada de ingressos na bilheteria do Sesc Teresópolis, até a hora do espetáculo, sujeito à lotação do espaço.

Petrópolis - Sesc Quitandinha –
Endereço: Av. Joaquim Rolla 2.
Data: 27/7/2014
Horário: 18h
Classificação indicativa: Livre.
Preço: Gratuito.
Duração: 90 minutos.

Nova Friburgo
Endereço: Praça Demerval Barbosa Moreira.
Data: 29/7/2014
Horário: 18h
Classificação indicativa: Livre.
Preço: Gratuito.
Duração: 90 minutos.

Fonte:Mariana Trigo/ Sesc Rio