Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de março de 2012

Teresópolis comemora 100 anos da conquista do Dedo de Deus

Teresópolis comemora 100 anos da conquista do Dedo de Deus

Teresópolis, 29 de março de 2012 – A partir da próxima terça-feira, 3 de abril, a Prefeitura de Teresópolis e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos promovem o evento “Dedo de Deus 100 anos”, em comemoração ao centenário anos da conquista do pico, símbolo nacional do montanhismo. O evento contará com diversas atividades entre os dias 3 a 8 de abril, lembrando a grande aventura dos teresopolitanos José Teixeira Guimarães, Raul Carneiro e os irmãos Américo, Alexandre e Acácio Oliveira, responsáveis pela escalada que culminou na conquista da montanha em 1912.

“O Dedo de Deus é o nosso principal cartão postal e também um dos mais conhecidos do Brasil. Desta forma, uma data de tamanha importância como o centenário de sua conquista merece, de fato, uma grande comemoração. Até porque foram cinco teresopolitanos os desbravadores, os primeiros a chegar ao topo da face Norte do Dedo de Deus. Um marco histórico para Teresópolis e para o montanhismo brasileiro”, avalia o Secretário de Cultura, Ronaldo Fialho. 

Entre as atrações previstas, estão exibições de filmes, exposições, escaladas, homenagens, culto ecumênico no topo do Dedo de Deus e missa em ação degraças, com a participação especial da Orquestra Camerata Thereza Christina. Também integra a programação a exibição do documentário “Caminho Teixeira”, filmado em Teresópolis no ano de 2009 e que revive a conquista da famosa montanha. Produzido pela 9d Produções com apoio da Secretaria de Cultura, o filme abriu a 9ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha, em 2009, e participou de mostras de filmes sobre esportes de aventura em montanha, além de outros festivais de cinema, dentro e fora do Brasil.

Programação:

Dia 3 de abril – Casa de Cultura Adolpho Bloch

8h30 e 13h30 - Exibição do documentário 'Caminho Teixeira', seguida de palestra com o presidente do Centro Excursionista Teresopolitano (CET), MarcelloMedeiros.

Dia 4 de abril – Casa de Cultura Adolpho Bloch

Exposição 'Dedo de Deus – Inspiração e Arte, com trabalhos da Sociedade dos Artistas de Teresópolis (Soarte), em homenagem à conquista do Deus deDeus. Visitação de segunda a sábado, das 9h às 18h.

Dia 4 de abril – Calçada da Fama

10h às 16h - Exibição do filme 'Caminho Teixeira' e Exposição 'Páginas da História do Dedo de Deus', mostra itinerante com textos, fotos e documentos doPró-Memória Teresópolis

Dia 5 de abril – Casa da Memória Arthur Dalmasso

Exposição 'Dedo de Deus - 100 anos de conquista', com paineis ilustrativos, documentos originais e objetos. Visitação de segunda a sexta, das 13h às 17h, eaos sábados, das 14h às 18h.

Dia 7 de abril – Complexo do Dedo de Deus

6h - Escalada nas montanhas: Dedo de Deus; Dedinho de Nossa Senhora; Escalavrado; Cabeça de Peixe.

Dia 7 de abril - Auditório Guarani - sede do Parque Nacional

19h - Amostra de filmes de Montanha

Homenagem aos que participaram da história do Dedo de Deus

Abertura da exposição histórica do Dedo de Deus

Coquetel

Dia 8 de Abril - Complexo do Dedo de Deus

10h - Início do Culto Ecumênico no Cume do Dedo de Deus (vagas limitadas). Concentração no Centro de Informações Turísticas no Soberbo.

Dia 8 de abril - Centro de Informações Turísticas no Soberbo

15h - Missa em Ação de Graças com a participação da Orquestra Camerata Thereza Christina

Texto: Geógia Jahara
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Rios de Teresópolis serão desassoreados e Governador confirma a Arlei asfaltamento no interior

Rios Formiga, em Mottas, e Córrego Sujo, no Vale Alpino, serão desassoreados-Governador confirma a Arlei asfaltamento no interior

Teresópolis, 29 de março de 2012 – Na manhã desta quinta-feira, dia 29, o Prefeito Arlei e o técnico projetista do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Edson Oliveira, estiveram em Mottas e no Vale Alpino, no 3º Distrito, fazendo o reconhecimento dos rios que ainda precisam ser dragados e desassoreados nas localidades. De acordo com as demandas levantadas, o Inea já iniciou as medições necessárias e mandará executar o trabalho de limpeza dos rios em aproximadamente 15 dias. O Secretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Cel. Roberto Silva, o Secretário de Agricultura, José Francisco Cortazio, e o Secretário de Fiscalização de Obras Públicas, Carlos Antônio Lopes Oliveira, acompanharam a vistoria.

Uma das preocupações do Prefeito Arlei é que, com os rios assoreados, as áreas de cultivo dos produtores rurais fiquem comprometidas. “Graças a mais uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado e com a equipe do Limpa Rio, que está realizando este trabalho com o Inea, conseguiremos ajudar o interior do município, dragando os rios. Já conseguimos fazer a ação em Santa Rosa e Vieira e agora estamos dando continuidade em Mottas e seguiremos para o Vale Alpino”, enumerou o Prefeito. Arlei lembrou ainda que tem como meta estar sempre à frente dos serviços e junto da população, ouvindo e auxiliando no que for possível. “Acho que é graças a isso que temos conseguido tantas vitórias para Teresópolis”, disse.

“Por causa das chuvas o rio ficou muito raso e não pude mais plantar nas lavouras próximas ao rio. Perdi estufas na última enchente, tive prejuízos, mas minha esperança se renova quando vejo essas máquinas trabalhando”, comemorou o produtor rural Carlos Maturano, de Vale Alpino. A moradora Maria Valda Tayt-Sohn, que também perdeu sua produção por causa das chuvas, ressaltou a importância da ação. “Este trabalho é muito importante porque, da última vez que choveu, perdi toda a minha produção. Agora, estamos recomeçando o plantio e estava receosa quanto à dragagem do rio”, afirmou, lembrando que com este serviço todos os agricultores da localidade ficarão mais tranqüilos.

Segundo Édson Oliveira, do Inea, as calhas dos rios estão sendo alargadas para que a pressão das águas seja aliviada. “A partir da visita de hoje produzirei um relatório que será encaminhado para a diretoria do Inea. A previsão é que dentro de aproximadamente 15 dias as máquinas comecem a trabalhar na dragagem do rio Córrego Sujo, no Vale Alpino, e que seja dada continuidade ao serviço de limpeza e desassoreamento do Rio Formiga, em Mottas”, explicou o técnico. Depois de concluído o serviço, o Estado terá dragado aproximadamente seis quilômetros de extensão do Rio Formiga e, em Córrego Sujo, o trabalho deve percorrer de oito a dez quilômetros.

Acompanhando essas ações, a Prefeitura continua fazendo um trabalho de prevenção e preparação da população. “Estamos realizando um trabalho de combate a enchentes com ações preventivas e buscando reposicionar o rio em seu leito original. Nossas ações são constantes e planejadas e serão estendidas agora para Mottas e Vale Alpino. Este é o motivo principal da vistoria de hoje: definir ações e os trechos que serão trabalhados a partir de agora”, explicou o Cel. Roberto Silva, Secretario de Meio Ambiente e Defesa Civil.

Asfaltamento no interior

No final da Estrada de Mottas, uma equipe da Secretaria Municipal de Agricultura trabalha na recuperação de uma ponte. Além disso, o Prefeito Arlei afirmou que o serviço de asfaltamento da estrada que liga Mottas a Água Quente será retomado, através de mais uma parceria da Prefeitura Municipal com o Estado. “Estive esta semana com o Governador Sérgio Cabral e vamos conseguir asfaltar também quase todas as ruas vicinais do interior”, finalizou Arlei.
Prefeito Arlei conversa com o produtor rural Carlos Maturano, do Vale Alpino 

Texto: Fabiana Fuchs
Fotos: Davi Almada
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

quarta-feira, 28 de março de 2012

Educação de Jovens e Adultos de Teresópolis participa da 6ª Rio Artes Manuais

Educação de Jovens e Adultos de Teresópolis participa da 6ª Rio Artes Manuais

Teresópolis, 28 de março de 2012 – A Secretaria Municipal de Educação levou estudantes e professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Teresópolis para participar da 6ª Rio Artes Manuais, a maior feira de capacitação em artesanato do Estado. Oobjetivo foi estimular a produção de artesanato como fonte de renda e proporcionar às professoras e aos estudantes o contato com novas técnicas e novos materiais para confecção de artesanato.

De acordo com o Secretário Municipal de Educação, professor Leonardo Vasconcellos, a Oficina de Artesanato da EJA é uma das mais bem-sucedidas dentro do programa, por isso o empenho da Secretaria em proporcionar às professoras e aos estudantes o contato com novas técnicas e novos materiais para confecção de artesanato. “Nesta feira a equipe e os alunos da EJA participaram de oficinas de artesanato variadas, com apresentação de novas técnicas de trabalho, e ainda levaram os produtos com eles”, explicou o Secretário.

A Rio Artes Manuais é a maior feira de capacitação em artesanato do Estado e esse ano a aconteceu no Centro de Convenções SulAmérica, de 21 a 25 de março. Em uma área de 5 mil metros quadrados, com mais de 30 estandes das principais indústrias do setor de artesanato, foram oferecidas 250 oficinas gratuitas aos participantes, num total de mais de 15 mil aulas em cinco dias de evento. O material dos cursos foi gratuito e os alunos levaram para casa a peça produzida.

“A experiência de ter participado dessa feira de artesanato foi muito emocionante, principalmente por descobrir a nossa capacidade e observar os exemplos de superação, como o dos artistas que pintam com o pincel na boca, criando verdadeiras obras de arte. Não dá para sair do jeito que entramos. Esses exemplos nos tornam pessoas melhores”, comentou Maria Neuza Menezes de Paula, aluna da EJA no Cerom (Centro Educacional Roger Malhardes), no bairro de São Pedro.

Para a Coordenadora da Educação de Jovens e Adultos na Rede Municipal de Ensino, professora Ana Paula Coutinho, a proposta da ação foi inteiramente alcançada. “Foi gratificante ver o entusiasmo dos estudantes e das professoras da EJA ao participarem das oficinas do evento. Retornaram para suas escolas repletos de idéias e novas técnicas para as aulas. Atividades como essa unem, motivam e fortalecem a Equipe EJA”, destacou Ana Paula.

Texto: Marcelo Ferreira
Fotos: Divulgação EJA
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Câmara de Teresópolis RJ aprova importantes projetos de lei

Câmara aprova importantes projetos de lei

Em sessão ordinária da Câmara Municipal de Teresópolis, na terça-feira, dia 27 de março, foram debatidos e votados diversos projetos de lei. O objetivo foi acelerar a pauta de votação de projetos.

Vereador Dr. Carlão (PMDB)

Abrindo as votações, foi aprovado projeto de lei que dá nome a Ruas da localidade de Andradas, no Segundo Distrito. O Vereador explicou que a OI exigia que as Ruas passassem a ter nome para que possa realizar a instalação de telefones fixos. Também de autoria do Dr. Carlão foi aprovado um projeto autorizando permissão de uso de bem imóvel.

Vereador Marcelo Oliveira (PMN)

Foi aprovado projeto de lei que disciplina o uso de caçamba estacionária de recolhimento de entulhos de obras. Segundo Marcelo, o objetivo é regulamentar uma atividade que deve ser fiscalizada pela Prefeitura e que precisava da definição de algumas regras.


Vereador Paulinho Carvalho (PTB)

Teve aprovado projeto de lei que cria o Dia do Diagnóstico Precoce da Osteoporose, no dia 3 de maio.


Vereador Waguinho (PSC)

Apresentou projeto de lei aprovado pelos Vereadores que determina a obrigatoriedade de higienização dos óculos usados nas exibições de cinema em 3D. Também de Waguinho foi aprovado projeto que disciplina nomeação em cargos públicos no Executivo e no Legislativo Municipal, seguindo parâmetros da Lei da Ficha Limpa, que vem sendo debatida a nível nacional e estadual. O projeto cita diversas situações onde o cidadão fica impedido de exercer cargo público. Também teve aprovado projeto do Vereador que considera de utilidade pública a Fazenda Esperança, que realiza um importante trabalho de recuperação de dependentes químicos.


Vereador Ademir Enfermeiro (PMDB)

Foi aprovado projeto de lei que institui a Semana de Valorização da Vida. O Vereador teve ainda outros dois projetos


Vereador Dr. Habib (PMN)

Projeto que aborda a questão do espaço entre hotéis e similares.


O Presidente da Câmara, Vereador Cleyton Valentim (PR)

Teve projetos aprovados, entre eles o que determina a colocação de recipientes de coleta seletiva nos veículos de transporte urbano do município. Outro projeto do Presidente é o que institui uma campanha permanente de incentivo a arborização de Ruas e praças da cidade. Cleyton Valentim apresentou ainda três projetos considerando de utilidade pública as igrejas evangélicas. Assembléia de Deus do Meudon, Igreja Missionária Assembléia de Deus Restauração e Igreja de Cristo em Teresópolis.


Vereador Anjinho (PSD)

Foi aprovado projeto que dá a denominação da Rua Aristides Francisco do Vale a uma via que não tinha nome e trazia transtornos aos moradores em virtude disso. Também de Anjinho foi aprovado projeto semelhante, que cria a Rua José de Paula Macário.

Vereador Major Anderson (PRB)

Teve aprovado projeto que determina a oficialização da Rua Getúlio Vargas.


Vereador Mandinho (PSD)

Foi aprovado projeto projeto dando denominação a logradouro público.


Vereador Cláudio Mello (PT)

Foi aprovado o projeto que denomina Rua Estevão Soares Souza a Rua que se inicia no trecho final da Tenente Luiz Meirelles até a Rua Goytacazes, no Jardim Meudon.

Uma proposição de autoria dos Vereadores altera a redação do Regimento Interno da casa, adequando algumas questões que faziam parte de um acordo de cavalheiros e que agora ficam formalizadas, como ordem de votação de moções de acordo com a chegada dos Vereadores e o tempo para justificativa de voto, entre outras.

Fonte:Câmara Municipal de Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis RJ intensifica conscientização ambiental para ampliar a coleta seletiva de lixo

Prefeitura intensifica conscientização ambiental para ampliar a coleta seletiva de lixo

Teresópolis, 28 de março de 2012 – Realizada nesta quarta, 28, a primeira capacitação direcionada a líderes comunitários visando à ampliação do programa de coleta seletiva solidária implantado pela Prefeitura de Teresópolis. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de separar o lixo em casa e aderir à coleta seletiva de resíduos sólidos, medida que, além de aumentar a vida útil do aterro sanitário do município, gera trabalho e renda para os catadores de materiais recicláveis.

Promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil, em parceria com o Inea (Instituto Estadual do Ambiente), o encontro, no Teatro Municipal, reuniu representantes dos Nudecs (Núcleos Comunitários de Defesa Civil) do Rosário e do Perpétuo, da organização não-governamental Care Brasil e servidores municipais. Além de palestra com a gerente ambiental do Inea, Elisa Chaves, os participantes da capacitação também visitaram o aterro sanitário, localizado no Fischer, para conhecer a destinação final correta dos resíduos sólidos, e o galpão da Associação de Catadores Serrana, na Várzea, para acompanhar o trabalho de triagem do material reciclável.

Contando com dois caminhões, atualmente o programa de coleta seletiva solidária é feito em 25 bairros, com o recolhimento de aproximadamente 60 toneladas por mês. Todo o material é doado à Associação de Catadores Serrana, responsável pela revenda, trabalho que beneficia cerca de 23 famílias que vivem da renda obtida com essa atividade.

“A Prefeitura pretende ampliar a coleta seletiva nos próximos meses, com a aquisição de mais cinco caminhões para percorrer um número maior de bairros. A meta é que até o final de 2013 toda a zona urbana do município, bem como parte da rural, sejam beneficiadas”, explicou o biólogo Leandro Coutinho, Coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil, informando que já foi aprovado e se encontra em fase de licitação, pela Secretaria Estadual de Obras, o projeto de revitalização do galpão de triagem de resíduos do aterro sanitário, que ganhará equipamentos para a separação dos materiais que podem ser reaproveitados.

“O trabalho de coleta seletiva deve ser integrado, com o envolvimento do poder público e da sociedade civil na separação dos recicláveis e na educação ambiental”, assinalou a gerente ambiental do Inea, Elisa Chaves.

Integrante do Nudec do Rosário, a voluntária Rosa Maria de Souza aprovou a capacitação. “Muito boa a iniciativa, pois ajuda a melhorar o bairro onde a gente mora através da preservação do meio ambiente”, opinou. “É importante essa ponte entre o poder público, o Nudec e a comunidade para a conscientização sobre a importância da coleta seletiva”, destacou a professora Ana Maria Rodrigues, também do Nudec do Rosário. “Muito pertinente esta iniciativa, pois é atribuição de todos cuidar dos resíduos sólidos gerados pelo município. Nada melhor de que isso aconteça em parceria e cooperação”, completou Roberta Dutra, analista de programas da ONG Care Brasil.

Texto: Silvia Pimentel
Fotos: Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis promove Ação de Saúde da Mulher

Prefeitura promove Ação de Saúde da Mulher

Atividades acontecem neste domingo, 1º de abril, no PSF de Vargem Grande

Teresópolis, 28 de março de 2012 – A Prefeitura promove, neste domingo, 1º de abril, das 9h às 16h, no PSF de Vargem Grande, no 3º Distrito, a Ação de Saúde da Mulher. Entre as atividades estão a realização de exame ginecológico preventivo e de oficinas sobre doenças sexualmente transmissíveis - DSTs, prevenção do câncer de mama e do colo do útero. Além disso, haverá palestras sobre questões ambientais, como a importância do consumo de água potável, o correto acondicionamento do lixo nas residências e cuidados com os animais domésticos.

“As atividades têm como objetivos conscientizar as mulheres sobre os assuntos relacionados a sua saúde, enfatizando, através das oficinas, a importância dos exames preventivos para detecção precoce de algum problema. Serão feitas consultas médicas, preventivos, e solicitados exames para investigação de diabetes, hipertensão arterial e DSTs, como HIV, sífilis e hepatite B. As pacientes com mais 40 anos também receberão o pedido para realizar a mamografia”, explica enfermeira responsável pelo PSF, Bruna Salgueiro.

Na ocasião, as participantes vão receber orientações sobre planejamento familiar e poderão aferir pressão arterial e glicemia.

Texto: Mara Lúcia

Domingo em Teresópolis é dia de Cultura de Raiz Especial de Aniversário

Domingo é dia de Cultura de Raiz Especial de Aniversário

Teresópolis, 28 de março de 2012 - Neste domingo, dia 1º de abril, será realizado na Casa de Cultura Adolpho Bloch, a partir das 9h30, o 3º Encontro de Cultura de Raiz de Teresópolis – temporada 2012. A edição será especial, já que, além de valorizar a cultura popular e a música do homem do campo, vai marcar a comemoração do terceiro aniversário de criação do projeto, hoje um dos carros-chefes da Secretaria de Cultura.

O encontro seguirá em formato de programa de auditório, com cenário de cozinha de roça e apresentação do engenheiro agrônomo Beto Selig. Para celebrar a data, o evento terá atrações especiais, a exemplo das apresentações de dança sênior – uma espécie de terapia de grupo a partir da dança voltada para a terceira idade -, além da participação de inúmeros artistas, como Jorge Viajante, a dupla Edson e Moacir Rosa e o próprio Secretário de Cultura, Ronaldo Fialho, entre outros.

Isso tudo sem falar no já tradicional lanche à moda caipira que, desta vez, terá um bolo de aniversário, com direito ao 'Parabéns pra você'. O evento terá ainda um subtema, em lembrança ao Dia do Índio, a ser comemorado dia 19 de abril. Na sala de dança da Casa de Cultura, o público poderá conferir estandes com vendas de artesanato.

“Será um momento de grande alegria e muito especial para todos nós, que sempre acreditamos e lutamos pelo projeto. O Cultura de Raiz segue um caminho bem-sucedido, sempre resgatando e valorizando a verdadeira cultura popular. Estão todos convidados para a festa”, enaltece o Secretário de Cultura, Ronaldo Fialho.

Desenvolvido pela Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Cultura, o Encontro de Cultura de Raiz foi lançado em abril de 2009 e tem como objetivo resgatar e valorizar artistas da cultura de raiz. Ao todo, já foram realizadas 32 edições, sempre no primeiro domingo de cada mês, de fevereiro a dezembro, com entrada franca.

Texto: Geórgia Jahara
Fotos: Cláudio Furtado (arquivo)
Secretaria Municipal de Cultura
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

terça-feira, 27 de março de 2012

Secretaria de Cultura de Teresópolis auxilia produtores interessados em participar do Circuito das Artes

Secretaria de Cultura auxilia produtores interessados em participar do Circuito das Artes

Teresópolis, 27 de março de 2012 - Visando o fortalecimento do setor cultural de Teresópolis, a Secretaria Municipal de Cultura está disponibilizando apoio técnico para auxiliar produtores que desejam inscrever projetos nos editais do Circuito Estadual das Artes 2012. Os editais já estão abertos e o cadastro poderá ser feito até 25 de abril. Promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, o Circuito das Artes consiste na circulação de espetáculos profissionais nas áreas de artes cênicas e música (popular e erudita) não inéditos, escolhidos a partir de anúncio oficial. Os interessados no apoio técnico para a formulação dos projetos devem se dirigir à Casa da Memória Arthur Dalmasso (Praça Balthasar da Silveira, 91 – Centro) até as 17 horas desta sexta-feira, dia 30 de março, e procurar por Nara Zeitune ou Lu Guarilha, coordenadores de projetos especiais da Secretaria de Cultura.

Ao criar o Circuito Estadual das Artes, o Governo do Estado do Rio de Janeiro sinaliza a importância da participação dos municípios nesse processo de construção de políticas públicas de longo prazo para a cultura fluminense. A oportunidade é aberta a todos e são escolhidos os espetáculos considerados relevantes dentro do cenário cultural brasileiro. Formado o circuito, os espetáculos são levados aos municípios do estado onde, preferencialmente, ainda não tenham se apresentado, visando promover um maior acesso do público fluminense aos bens culturais. Desta forma, o Circuito das Artes busca promover uma programação de qualidade aos equipamentos culturais municipais, além de ampliar o mercado de trabalho para artistas, técnicos e produtores.

Cada espetáculo escolhido será apresentado em três municípios diferentes localizados em três regiões do Estado. Os projetos escolhidos receberão da Secretaria de Estado de Cultura subsídios entre R$ 15 mil e R$ 45 mil para as três apresentações.

“Esta é uma oportunidade sem igual para que os produtores culturais de Teresópolis desenvolvam seus projetos e, quem sabe, sejam escolhidos para circular pelo estado. Por isso, estamos disponibilizando nossos coordenadores, que poderão oferecer todo o apoio técnico necessário. Temos chances iguais a qualquer outro município. Agora, só depende do interesse dos artistas teresopolitanos”, afirma o secretário de Cultura, Ronaldo Fialho.

Para acessar o edital do Circuito Estadual das Artes 2012, clique em http://www.cultura.rj.gov.br/editais/doceditais/EDCP0092012.pdf.

Texto: Geórgia Jahara
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

segunda-feira, 26 de março de 2012

Técnicos do Estado fazem vistoria nas obras de contenção de barreiras causadas pelo temporal de janeiro de 2011

Presidente da Emop Ícaro Moreno (segundo da esq. p/ dir.) avalia projeto de obra de contenção construída pelo Governo Estadual no Caleme
Técnicos do Estado fazem vistoria nas obras de contenção de barreiras

Visita tem como objetivo analisar cronograma nas áreas atingidas pelas chuvas de janeiro de 2011

Teresópolis, 26 de março de 2012 - Na manhã desta segunda-feira, 26, o Subsecretário Estadual Extraordinário para a Reconstrução da Região Serrana, Affonso Monnerat, visitou Teresópolis, acompanhado do Subsecretário Municipal de Fiscalização de Obras, Jorge Henrique Mattos, pelo presidente da EMOP (Empresa de Obras Públicas do Estado), Ícaro Moreno, e por técnicos da empresa, para fazer um levantamento das obras de contenção de barreiras e encostas que estão sendo realizadas no município e também dos locais onde as obras de contenção serão iniciadas.

“Os técnicos da EMOP estão visitando os locais críticos da cidade onde há obras de contenção de encostas para uma avaliação e montando uma estratégia para agir nestes locais. Com isso, eles assumem todas essas obras em Teresópolis e nos demais municípios atingidos pelas chuvas de janeiro de 2011”, explicou o Subsecretário Municipal de Fiscalização de Obras, Jorge Henrique Mattos.

Muro de contenção no Caleme passa por vistoria da equipe do Governo do Estado 
Segundo o presidente da EMOP, Ícaro Moreno, todo o cronograma da visita, desde a vistoria até a finalização das obras, é realizado através de intervenções que integrem vários órgãos. “Seguindo orientação do Governador Sérgio Cabral e do Vice Governador Luiz Fernando Pezão, que estão envolvidos no processo de reconstrução da Região Serrana, estamos trabalhando em conjunto com o Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Secretaria Estadual de Obras, empresas licenciadas e prefeituras para dar continuidade ao que já foi iniciado nos municípios atingidos, pois é importante a participação de todos”, elucidou Ícaro Moreno.

Durante o dia foram feitas vistorias em diversos bairros da cidade, como Golfe, Caleme, Campo Grande, Granja Florestal e Salaco. De acordo com Ícaro Moreno, o propósito é apontar soluções para finalizar as obras no município. “Estamos percorrendo as localidades, observando os problemas de cada uma e levantando soluções para que, no máximo até julho, as obras em andamento já estejam finalizadas”, disse o presidente da EMOP, lembrando também das obras que ainda não foram iniciadas. “Em Teresópolis há 12 obras que já foram aprovadas pela Caixa Econômica Federal. Agora, o próximo passo é fazer licitação para que, em aproximadamente dois meses, possamos dar início a esses trabalhos. Até o final do ano estaremos com muitas obras concluídas na cidade”, finalizou.

O temporal de janeiro de 2011 atingiu sete cidades da Região Serrana: Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro, Areal e Bom Jardim. “Em todas elas estamos trabalhando para que, dentro do possível, tudo volte à normalidade”, concluiu Ícaro Moreno.
Técnicos da Emop vistoriam muro em execução na Granja Florestal

Texto: Heliny Quintanilha
Fotos: Marcos Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Educação em Teresópolis: Professores do interior participam do Programa Escola Ativa

A Diretora do Departamento Pedagógico da SME, professora Carla Rabello, faz a abertura do Programa 
Educação: Professores do interior participam do Programa Escola Ativa

Teresópolis, 26 de março de 2012 - A Secretaria de Educação da Prefeitura de Teresópolis, através da Coordenação de Educação para o Campo, ofereceu nesta segunda-feira, 26, a 1ª Formação do Programa Escola Ativa para professores de turmas multisseriadas do interior do município. O programa busca melhorar a qualidade do desempenho escolar neste tipo de classe. Entre as principais estratégias estão implantar nas escolas recursos pedagógicos que estimulem a construção do conhecimento do aluno e capacitar professores.

O Prefeito Arlei frisou a importância dos educadores. “Sei como o trabalho dessas professoras é fundamental para o aprendizado das nossas crianças. Por isso elas podem sempre contar comigo e com a Secretaria de Educação”, garantiu o Prefeito. O Secretário Municipal de Educação, professor Leonardo Vasconcellos enfatizou que “a Secretaria de Educação está sempre em busca de conhecimentos que possam complementar o que os professores já sabem com excelência, para melhorar sempre a qualidade do ensino”, explicou o Secretário Leonardo. 

Teresópolis é um dos 64 municípios do estado do Rio de Janeiro que fizeram adesão ao Programa Escola Ativa, do Governo Federal. O objetivo é construir uma proposta de educação para as classes multisseriadas, através de uma série de elementos e instrumentos de caráter pedagógico, social e de gestão da escola. Para isso, a Secretaria Municipal de Educação formou um técnico pelo programa, a professora Adriana Vital, Diretora da Coordenação da Educação para o Campo.

Segundo Adriana Vital, esta primeira reunião apresentou um ótimo desenvolvimento, com as professoras aprovando o material apresentado, onde cada profissional teve a liberdade de apresentar questões, dúvidas e soluções. “As classes multisseriadas nos desafiam a repensar a escola, suas disciplinas, séries/anos, conteúdos e avaliações. Neste sentido, este programa representa um avanço na tentativa da Secretaria de Educação de construir uma nova proposta para essas classes”, ressaltou a Coordenadora.
A professora Adriana Vital, Diretora da Coordenação da Educação para o Campo, apresenta a Formação Escola Ativa

Texto e fotos: Marcelo Ferreira
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis revitaliza Rodoviária e agrada população

Prefeitura revitaliza Rodoviária e agrada população-Espaço público ganha pintura, telhado, bancos, painéis decorativos e internet gratuita

Teresópolis, 26 de março de 2012 - Com a proposta de melhorar as condições dos usuários do transporte coletivo urbano e intermunicipal de Teresópolis, o Prefeito Arlei revitalizou por completo o Terminal Rodoviário José de Carvalho Janotti, na Várzea. Instalada no Centro da cidade, a Rodoviária foi modernizada para oferecer mais conforto e segurança à população.

As obras foram realizadas pela Prefeitura, através das Secretarias de Segurança Pública e de Obras e Serviços Públicos possibilitaram uma transformação total na estrutura do terminal, que ganhou novo telhado, pintura nos bancos e paredes, assentos mais confortáveis e decorativos, lixeiras novas, ampla iluminação, televisores, sistema de som, sinalização e paisagismo. Telhas de vidro foram colocadas no teto, possibilitando uma maior claridade natural durante o dia. A revitalização da Rodoviária incluiu ainda a instalação de painéis de boas-vindas aos usuários, com as fotos de alguns atrativos turísticos do município.

Para o Prefeito Arlei, além de embelezar o terminal, a reforma representa o atendimento especial à população e visitantes que antes contavam com um serviço precário. “A revitalização do espaço representa muito mais do que a modernização e manutenção do patrimônio público. Representa o nosso compromisso com a população de Teresópolis e faz parte da política de humanização empreendida pela nossa gestão”, afirmou. 

O Secretário Municipal de Segurança Pública, Marcos Antônio da Luz, disse que a reforma do terminal rodoviário vem para complementar as ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida que o prefeito vem possibilitando para a população. “A Rodoviária tem um importante papel para as pessoas e precisava ser reformada, principalmente para atender às comunidades rurais que fazem uso constante do espaço. Minha satisfação é ver todo este progresso em prol da cidade e da população. O apoio da iniciativa privada também foi vital para este trabalho de modernização”, comentou Da Luz.

Internet sem fio e de graça

Outra novidade que agradou em cheio à população foi a instalação do sistema de internet livre, sem fio, que possibilita o uso gratuito da banda larga. O sistema possui monitoramento da administração evitando, desta forma, visitas a sites de conteúdo proibido e limitando a velocidade por IP, garantindo que todos tenham as mesmas condições de uso. Além disso, o terminal também passa a oferecer uma bancada de madeira com tomadas para carregamento de celulares e notebooks instaladas em todas as colunas de concreto da estação. Tudo isso para que o usuário se sinta confortável e satisfeito enquanto espera o embarque.

Segundo o chefe da Divisão de Administração do Terminal Rodoviário, Alexander Barbosa Silva, um centro de aleitamento materno com fraldário está sendo construído próximo ao banheiro feminino da Rodoviária, para conforto das mamães que estão em fase de amamentação. O projeto do município é pioneiro no Estado do Rio e conta com a parceria da Secretaria de Saúde.

População aprova reforma

O comércio local também ganhou mais visitantes após a reforma. Para a atendente Neli de Carvalho, as mudanças foram muito boas. “Com certeza tem nos ajudado muito nas vendas. Mais pessoas têm passado por aqui. O aspecto e o ambiente são outros depois da reformulação. Acabaram as goteiras e as telhas de vidro, além de bonitas, iluminam mais o local”, destacou a atendente.

A estudante Giulia Silva que sempre utiliza a Rodoviária disse que agora o espaço ficou com “outra cara”. "A cidade merecia uma rodoviária assim, bem mais bonita e agradável. Agora o tempo da espera não causa desconforto como antigamente”, relata a passageira.

Para viabilizar tantos avanços e promover comodidade e bem-estar aos usuários, a Prefeitura contou com a parceria de empresários da cidade. Entre as empresas que contribuíram com as modernizações estão a V.M. Madeiras, RCA (internet), Centro de Ensino Betesda, Kama&Koisas, Cervejaria Itaipava, Action Plus (Comunicação e Web), Primus Studio e Viação São Geraldo e Salutaris.

Texto – Gisele Barreto
Fotos - Davi Almada
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis faz testes para reforma do Centro Administrativo Celso Dalmaso

Prefeitura faz testes para reforma do Centro Administrativo Celso Dalmaso

Teresópolis, 26 de março de 2012 – Com objetivo de reativar o Centro Administrativo Celso Dalmaso, localizado ao lado da Câmara Municipal, a Prefeitura contratou a empresa Tese Engenharia para fazer uma avaliação do prédio. O trabalho começou na última quinta-feira, 22, quando técnicos e engenheiros da empresa estiveram no local para fazer medições e realizar o teste de carga que possibilitará uma avaliação da real condição do edifício. A previsão é de que o laudo esteja pronto esta semana.

De acordo com o engenheiro Robson Dutra, o edifício foi construído com um tipo de fundação segura, com estacamento, porém posteriormente o imóvel ganhou um anexo nos fundos. Este complemento foi feito com sapatas, sistema de fundação não apropriado para o terreno, causando fisuras e inclinação de parte da estrutura. “Estamos finalizando os testes de carga e de esclerometria, que determinam o peso que a estrutura consegue suportar e a resistência do concreto. A princípio, a melhor solução é demolir o anexo e recuperar a parte frontal”, explicou.

De acordo com o Secretário de Fiscalização de Obras, Carlos Antônio Lopes Oliveira, o Governo vai aguardar a emissão do laudo para definir como será feita a recuperação do prédio. “Assim que tivermos o resultado da análise técnica, vamos nos reunir com o Prefeito Arlei que vai decidir o que será feito”, afirmou. 

História Centro Administrativo

Inicialmente conhecido como Edifício Anexo à PMT, o Centro Administrativo Celso Dalmaso foi projetado em abril de 1983, no início da administração do então prefeito Celso Dalmaso, para abrigar secretarias municipais. Com 1.896 m² de área construída em três pavimentos, o prédio foi inaugurado em 1985 e interditado pela primeira vez no final dos anos 80. Foi liberado pela administração seguinte e vetado novamente em 1999. Em 2007, ocorreram dois incêndios no edifício, que também abalaram a estrutura.

Texto – Mara Lúcia
Foto: Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

sexta-feira, 23 de março de 2012

EJA de Teresópolis é destaque em Fórum da UERJ

Educação de Jovens e Adultos de Teresópolis é destaque em Fórum da UERJ

Teresópolis, 23 de março de 2012 - A Secretaria Municipal de Educação, através da sua Coordenação de Educação de Jovens e Adultos (EJA), foi convidada a apresentar sua bem-sucedida experiência neste campo da educação na abertura do Fórum EJA/RJ 2012, realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O Fórum é uma articulação informal de educadores, alunos, entidades do poder público, universidades, institutos de educação superior, organizações não-governamentais, movimentos sociais e de empresas privadas, todos interessados na formação de uma rede de práticas na educação de jovens e adultos no âmbito do Estado do Rio de Janeiro

O Secretário Municipal de Educação, professor Leonardo Vasconcellos, comemorou mais esse reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos educadores de Teresópolis, lembrando que a EJA do município já foi premiada em nível nacional. “Temos muito orgulho desta equipe e do trabalho que ela desenvolve. A premiação do Ministério da Educação, no ano passado, foi o maior reconhecimento que poderíamos ter. E ver nossos educadores replicando suas experiências nesta área só nos enche de satisfação”, elogiou o Secretário.

O Fórum EJA/RJ luta, com os demais parceiros do País, para alterar a situação educacional de grande parte da população. Apresenta propostas e vincula-se a entidades, a pessoas em nível nacional, da América Latina e de demais países interessados na mesma questão. Pretende ser, ainda, um articulador de parcerias e alianças para enfrentar o grave problema do analfabetismo e da subescolarização de jovens e adultos, especialmente buscando a formulação de políticas públicas e o financiamento para as ações na área.

Para a Orientadora Pedagógica do CEROM, Miralva Rodrigues, a participação da EJA Teresópolis no Fórum demonstra a qualidade alcançada pelo serviço na cidade. “Durante a apresentação de nossa Educação de Jovens e Adultos, ao falarmos de nossa experiência nesses dois últimos anos, conseguimos ver o quanto caminhamos e crescemos. Durante a apresentação estava um pedacinho do trabalho e do sonho de cada um da Equipe EJA”, destacou Miralva.

Realizados mensalmente, os encontros do Fórum EJA/RJ vêm formulando novas estratégias de ação e têm encontrado modalidades de gestão que apontam perspectivas de resistência capazes de interferir, em muitos casos, nas políticas locais e até nacionais, para que venham a ser assumidas como políticas públicas. O Fórum entende que o campo do conhecimento vivenciado por jovens e adultos no mundo exige renovação permanente e formulações curriculares adequadas às necessidades básicas de aprendizagem desses sujeitos.

De acordo com a Coordenadora da Educação de Jovens e Adultos de Teresópolis, professora Ana Paula Coutinho, foi uma honra participar da abertura do Fórum EJA/RJ 2012. “Tivemos a oportunidade de compartilhar nossa caminhada com professores de diferentes cidades e realidades de nosso Estado. Foi um belo encontro, onde divulgamos o nosso trabalho e refletimos sobre os avanços e as dificuldades da EJA. Retornamos para nossas escolas mais fortes e determinados, a fim de dar continuidade na construção de uma educação que atenda às reais necessidades de nossos estudantes jovens e adultos”, disse Ana Paula.

Texto: Marcelo Ferreira
Fotos: Divulgação EJA
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

quinta-feira, 22 de março de 2012

Teresópolis aprova propostas e elege delegados para a Conferência Nacional de Controle Social

Teresópolis aprova propostas e elege delegados para a Conferência Nacional de Controle Social

Teresópolis, 23 de março de 2012 – O município de Teresópolis teve uma participação de destaque na 1ª Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social do Rio de Janeiro (Consocial-RJ). O evento foi realizado no último fim de semana, dias 17 e 18, no Instituto Superior de Educação do Estado do Rio de Janeiro, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

Durante a etapa estadual, fase preparatória para o encontro nacional, que acontecerá de 18 a 20 de maio, em Brasília, das vinte propostas apresentadas e aprovadas pelos representantes dos 62 municípios fluminenses participantes, onze são de Teresópolis. Entre elas, duas foram aprovadas na íntegra.

Além disso, a cidade elegeu três delegados (dois titulares e um suplente) para defender as proposições e representar o Rio de Janeiro na etapa nacional: Rosayni Batalha, representando o segmento da sociedade civil, Felipe Santa Rita, representando o poder público (Secretaria Municipal de Orçamento Participativo e Relações Comunitárias) e Isabel Maria Kwiatkowski, representando o segmento dos conselhos de políticas públicas (Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher).

A atuação de Teresópolis é considerada uma grande vitória, visto que a organização da Conferência recebeu 1.160 propostas elaboradas pelos 62 municípios fluminenses, das quais 529 foram analisadas para garantir a formulação das 20 moções finais. 

Entre as propostas mais votadas, e que serão discutidas em Brasília, estão atualizar a legislação penal para punições mais severas e eficazes contra a corrupção, criar um sistema único de informações e dados públicos com gerenciamento compartilhado pela sociedade civil e poder público, além de estabelecer por lei que os órgãos de controle (Tribunais de Contas, Ministério Público e Controladorias Gerais) criem programas de formação de agentes comunitários para a compreensão dos mecanismos de controle social, e regulamentar a criação e funcionamento da 'Casa dos Conselhos', instituição permanente que terá o objetivo de garantir a integração entre os conselhos existentes e a implantação de novos para a fiscalização da execução de políticas públicas.

“Teresópolis mostrou que os representantes da sociedade civil organizada estão atentos às ações do poder público e interessados em contribuir cada vez mais para a melhoria e a transparência dos serviços públicos”, comemorou a Procuradora-geral do Município, Rosilda Carvalho, que presidiu a etapa municipal e participou do encontro estadual.

Os eixos temáticos debatidos em todo o processo da conferência estadual foram a promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos, os mecanismos de controle social, a atuação dos conselhos de políticas públicas como instâncias de controle e as diretrizes para a prevenção e o combate à corrupção.

As proposições farão parte das diretrizes do Plano Nacional de Transparência e Controle Social, que será constituído na conferencia nacional. Na ocasião, serão analisadas propostas de todos os estados da federação e 80 serão escolhidas. A Consocial é um movimento criado pela Controladoria Geral da União (CGU).

Etapa municipal

Com o tema ‘A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública’, a 1ª Consocial de Teresópolis – Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social – ocorreu de 10 a 12 de fevereiro, na Escola Municipal Maçom Lino Oroña, na Várzea.

Entre as 20 propostas aprovadas na conferência municipal estão a publicação e padronização, com ampla divulgação, das informações oriundas dos âmbitos federal, estadual e municipal de forma que permita o fácil entendimento a todos os cidadãos e a fomentação de cursos de capacitação para conselheiros de políticas públicas.

A criação do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social e que a corrupção ativa ou passiva seja tipificada como crime hediondo também foram selecionadas e encaminhadas para a fase estadual, assim como a inclusão nos currículos escolares da disciplina Educação Fiscal, de modo a estimular a consciência de acompanhamento e controle de despesas e ações nos três poderes.

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Funcionários da Prefeitura de Teresópolis participam de curso sobre comunicação eficiente

Funcionários da Prefeitura participam de curso sobre comunicação eficiente-Objetivo é facilitar diálogo com o público


Teresópolis, 22 de março de 2012 – Com o objetivo de preparar funcionários públicos para se comunicarem com a população com mais facilidade, especialmente nas situações de conflito, como a que ocorreu em janeiro de 2011, com o temporal que atingiu Teresópolis, além de outras cidades da Região Serrana, a Care Brasil, com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil da Prefeitura, realizou nesta terça-feira, 20, e quarta-feira, 21, no auditório da Secretaria de Saúde, na Tijuca, o Curso de Comunicação Não-Violenta.

O Secretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Cel. Roberto Silva, ressaltou que o curso integra a estratégia de implantação do Plano Municipal de Defesa Civil. “Essa iniciativa faz parte de todo o trabalho que vem sendo realizado pela Prefeitura com relação à preparação dos servidores para situações de desastres na cidade. O poder público deve saber abordar as pessoas atingidas de forma diferenciada porque elas estarão emocionalmente abaladas. Essa comunicação eficiente pode ajudar a criar uma rede de informações que evite os boatos e não provoque desentendimentos desnecessários”, pontuou.

A coordenadora da Care Brasil na Região Serrana, Dafne de Souza Lima, destacou o trabalho realizado pela ONG em Teresópolis. “A Care Brasil tem atuado na Região Serrana desde a tragédia de 2011, dando apoio emergencial. Em seguida, começamos a investir em estratégias a médio e longo prazo, como a instalação de Nudecs nas comunidades. Sentimos o interesse e a necessidade de os servidores terem mais ferramentas para lidar com situações tão impactantes como o temporal de janeiro do ano passado. Tão importante quanto saber sobre os riscos de construir em encostas é a abordagem humana nessas situações, é saber dialogar em um momento de crise”, frisou.

O curso foi ministrado pelo consultor internacional em comunicação não-violenta, Dominic Barter, que presta consultoria para governos, comunidades, escolas, sistemas de justiça, empresas e movimentos sociais em diversos países. Ele coordena projetos em Justiça Restaurativa para países de Língua Portuguesa e fundou a rede CNV Brasil. “A nossa ideia é escutar os profissionais e entender as condições em que trabalham, seus desafios e como abordam o público. A capacitação tem o objetivo de oferecer a eles instrumentos que facilitem o diálogo a fim de estabelecer parcerias e dinâmicas de cooperação para que sejam construídos acordos sociais mais flexíveis para o bem estar de todos”, explicou o facilitador britânico, que atualmente mora no Brasil. 

Guarda Municipal há 10 anos, Jânia Gonçalves acredita que os ensinamentos transmitidos vão ajudá-la a lidar melhor com as pessoas. “Aprendi o quanto é importante a gente ouvir o outro com atenção e também saber quais palavras devem ser usadas em uma conversa para que a pessoa entenda o que estamos querendo dizer”, comentou.

Comunicação Não-Violenta

Fundada pelo psicólogo Marshall Rosenberg e ensinada há quase 50 anos por uma rede mundial de mediadores e facilitadores, a Comunicação Não-Violenta (CNV) é um processo que tem a capacidade de inspirar ação compassiva e solidária. A CNV está sendo utilizada por um crescente número de pessoas que desejam intervir e agir com meios práticos e eficazes em favor da paz. A metodologia é reconhecida internacionalmente por entidades como Unesco e Unicef. 

A rede funciona como um caminho de mediação para conflitos de diversas naturezas e pode contribuir para estabelecer canais de diálogo em contextos conflituosos. À base de princípios universais tais como a paz, a justiça, a dignidade, a segurança, a liberdade e o amor, a CNV tem como proposta incentivar as pessoas a agirem e se relacionarem de forma clara e empática, mesmo diante de comportamentos desafiantes.

Texto: Mara Lúcia
Fotos: Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

quarta-feira, 21 de março de 2012

Secretaria de Segurança de Teresópoolis marca presença em café comunitário da Polícia Militar

Secretaria de Segurança marca presença em café comunitário da Polícia Militar 

Teresópolis, 21 de março de 2012 – O café comunitário promovido pelo 30º Batalhão da Polícia Militar na manhã desta quarta, 21, na Igreja Metodista Central – Catedral da Paz, na Várzea, reuniu representantes de associações de moradores de dez comunidades, da cidade e do interior. Também participaram do encontro representantes da Secretaria Municipal de Segurança Pública – através da Coordenação da Guarda Municipal, da Associação de Mães contra a Pedofilia, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teresópolis, do Rotary Clube, do Detro-RJ (Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro), do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Teresópolis e da agência local do Banco do Brasil. 

Coordenado pelo Comandante do 30º BPM, Tenente-coronel Mário Márcio Pereira Fernandes, acompanhado do Subcomandante, Tenente Coronel José Augusto, o principal tema do café comunitário foi o reforço do policiamento ostensivo no município.

A permanência por maior período de tempo de policiais militares nos DPOs (Destacamentos de Policiamento Ostensivo) da cidade e interior, a intensificação das operações de apreensão de motociclistas imprudentes e sem documentação e a atuação de guardas municipais nos horários de entrada e saída de estudantes da escola municipal de Pessegueiros, no 2º Distrito, foram alguns dos pedidos apresentados ao comando da PM. Todas as solicitações foram anotadas para serem avaliadas e ter o atendimento adequado.

“Essa reunião é importante para ouvir a comunidade, pois a Polícia Militar se aproxima da sociedade, ouve as suas demandas e planeja de forma mais eficiente o policiamento do município”, destacou o Tenente-coronel Fernandes, que iniciou o encontro fazendo um balanço da atuação da PM nos meses de janeiro e fevereiro, período de grande circulação de turistas e visitantes na cidade.

Para o Secretário de Segurança, Marcos Antonio da Luz, o café comunitário realizado mensalmente pela Polícia Militar contribui para conscientizar a população das responsabilidades e deveres tanto das autoridades policiais quanto dos cidadãos. “É através desse trabalho de parceria e de integração entre poder público e comunidade que podemos encontrar soluções para os problemas apresentados”, assinalou.

No final da reunião foram divulgados os telefones de contato da Polícia Militar para o encaminhamento de pedidos, impressões e sugestões: o de emergência 190, o da Sala de Operações (21) 2641-4746 e o Disque Denúncia (21) 2742-7755.

O próximo café comunitário do 30º Batalhão da Polícia Militar está marcado para o dia 18 de abril, na Igreja Metodista Central – Catedral da Paz (Rua Nilza Chiapeta Fadigas, 274 - Várzea).


Texto: Silvia Pimentel
Fotos: Davi Almada

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Ministério da Saúde revoga obrigatoriedade do Cartão SUS

Ministério da Saúde revoga obrigatoriedade do Cartão SUS -Usuários podem fazer o documento sem pressa

Teresópolis, 21 de março de 2012 – O Ministério da Saúde revogou, através da Portaria Conjunta Nº 3, de 19 de março de 2012, a obrigatoriedade do Cartão SUS para os usuários do SUS - Sistema Único de Saúde. Os usuários podem se dirigir a um dos postos de saúde do município para solicitar com tranquilidade o Cartão Nacional de Saúde – Cartão SUS.

“O cartão continuará sendo emitido pela Secretaria de Saúde, porém os pacientes não precisam ter pressa para solicitar o documento, pois o atendimento continua sendo feito normalmente. Com esta medida, a secretaria pretende adotar uma estratégia para confeccionar os cartões de forma ordenada, sem a necessidade de os usuários enfrentarem filas e instabilidades no sistema do DataSUS, observadas neste período”, explica o Secretário de Saúde, Carlos Otávio Sant’Anna.

Para solicitar o cartão basta se dirigir a qualquer posto de saúde ou à Secretaria Municipal de Saúde, na Tijuca, levando carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço. Para os menores de idade é necessário apresentar a certidão de nascimento, comprovante de residência e a carteira de identidade da mãe.

A iniciativa de criar o Cartão Nacional de Saúde tem a finalidade de produzir um banco de dados que identifique os usuários de todo o Brasil e gere um histórico de cada paciente contendo diagnóstico, avaliação, planejamento e programação das ações de saúde, que podem ser acessadas de qualquer parte do país, mediante o número de identificação estabelecido pelo Ministério da Saúde.

“Com o registro do cartão será possível monitorar o histórico de consultas, exames, cirurgias e internações de quem passa pela rede pública e reunir essas informações em uma base de dados nacional que será acessada por todo hospital público, em qualquer município. O médico poderá saber, por exemplo, a data, a cidade e o número de vezes que um paciente foi internado e ter mais informações sobre o seu histórico clínico”, esclarece Carlos Otávio Sant’Anna.

Texto: Mara Lúcia
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Empresários de Teresópolis participam da 24ª Super Expofood 2012

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Breder, representantes da Secretaria e empresários se preparam para a 24ª Super Expofood.
Empresários de Teresópolis participam da 24ª Super Expofood 2012-Feira de Alimentos é considerada uma das maiores da América Latina

Teresópolis, 21 de março de 2012 – Teve início no último dia 20 de março, a 24ª Super Rio Expofood 2012, que acontece até o dia 22, no Riocentro. Na manhã desta quarta-feira, 21, dez empresários de Teresópolis participam da feira numa promoção do SESI/SENAI Teresópolis/Nova Friburgo, em parceria com o SIDANF (Sindicato de Panificação de Nova Friburgo) e a Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

“Está é uma oportunidade que o empresário do ramo de alimentação tem de participar de um evento tão grandioso, cujo objetivo principal é a integração dos diversos setores, visando à melhoria e evolução dos negócios”, disse Eduardo Breder, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, ressaltando que a participação na Expofood é uma chance para que os empresários da cidade mantenham intercâmbio.

Para Phellipe Ferreira Baddini, um empresário sempre deve estar atualizado. “Acredito que minha presença na feira será uma experiência válida para meus negócios, uma vez que a busca de conhecimento e informação só engrandecem o empresário e sua empresa”, afirmou. 
Pela primeira vez na Expofood, Phellipe Ferreira Baddini acredita que um empresário sempre deve estar atualizado para desenvolver seus negócios.

Márcia Nolasco, dona de cantina em escola há cinco anos, acredita que a Feira proporciona um excelente intercambio entre empresários do setor de alimentação. “Na Expofood vamos saber mais sobre equipamentos, serviços, infraestrutura, além de fazermos contato com fornecedores de matérias primas, ficando sempre atualizados”, afirmou a empresária, acrescentando que “nessas feiras sempre trazemos novas ideias para a cidade. Por exemplo, trabalho diretamente com jovens que buscam sempre novidades. É exatamente em feiras gastronômicas como a Expofood que nos tornamos mais antenados”, explicou.
Segundo Márcia Nolasco, feiras como a Expofood sempre ajudam a trazer novas ideias para a cidade

24ª Super Rio Expofood 2012

Este ano são esperados 45 mil visitantes, que aproveitarão a oportunidade para trocar informações, experiências, fechar negócios e parcerias. A estimativa é de que sejam gerados em torno de R$ 130 milhões em compras e contratações nos três dias do evento.

A Feira contará com auditórios destinados a palestras especializadas para a 24ª Convenção Supermercadista, o 13º Seminário Nacional de Panificação & Confeitaria e para o 16º Rio Gourmet, que acontecerão paralelamente à Super Rio Expofood.

Texto: Heliny Quintanilha
Fotos: Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Comunidades de Teresópolis tem reivindicações aprovadas por Vereadores

Comunidades tem reivindicações aprovadas por Vereadores


Mais uma reunião ordinária da Câmara Municipal foi realizada na terça-feira, dia 20 de março, quando assuntos importantes para a população foram debatidos e votados. Seguem os pedidos aprovados em plenário e seus respectivos autores.

ADEMIR ENFERMEIRO (PMDB)

O Vereador sugere ao Executivo Municipal a implantação do tratamento com toxina botolínica, que funciona como relaxante muscular, para os pacientes de AVC. Ademir também pediu a colocação de cobertura no ponto de ônibus localizado em frente à Creche Mariazinha Janotti, no bairro de Fátima.

CLÁUDIO MELLO (PT)

Moção de autoria do Vereador pede que seja colocado quebra-molas na Rua Paraná, na Beira Linha, para garantir maior segurança aos pedestres que transitam por aquela via. O Vereador também apresentou proposição de que seja construído um horto florestal no atual Lago Yaci, na localidade de Pedreira, na Granja Guarani, que já foi um ponto turístico e hoje encontra-se abandonado. O recolhimento de animais soltos pela cidade foi outra preocupação manifestada pelo Vereador em proposição que pede para ser elaborado projeto neste sentido. Diversas Ruas da Coréia que precisam de iluminação pública foram incluídas em moção do Vereador Cláudio Mello solicitando que este serviço seja implantado nas mesmas.

MANDINHO (PSD)

Um dos pedidos apresentados pelo Vereador foi a de instalação de iluminação pública para a Rua Borba Gato, no Salaco. A questão de iluminação pública foi motivo também de moção do Vereador que pede colocação deste serviço público em toda a extensão da Estrada José Gomes da Costa Júnior até o bairro de Campo Grande.

DR. CARLÃO (PMDB)

O Vereador reapresentou moção em que pede as obras de reforma do centro odontológico do Cemusa, mas destacou que aquela unidade de saúde no Bairro de São Pedro já está passando por reformas em ritmo acelerado. O Vereador sugeriu também que o Município busque um convênio com a CRT para utilização do prédio onde funcionava a praça do pedágio de Três Córregos. Outra proposição do Vereador Dr. Carlão foi de que seja criado um curso de formação anti-drogas para jovens de Teresópolis. O assunto foi debatido por outros vereadores, que parabenizaram o Vereador Dr. Carlão pela proposição e reforçaram a importância de outras ações neste sentido, surgindo a sugestão de que seja feita uma audiência pública sobre o tema. Após vários pronunciamentos, o Presidente Cleyton Valentim deixou a proposição de que esta audiência seja realizada já no mês de abril.

CLEYTON VALENTIM (PR)

O Vereador Cleyton, Presidente da Câmara Municipal, teve aprovada moção onde reivindica construção de rede de esgoto para a servidão 39, da Rua Fileuterpe, no Bairro de São Pedro. O Presidente também reivindicou que seja estudada a viabilidade de manter a presença de guarda municipal para organização do trânsito no entroncamento das Ruas Pache de Faria e Acácio Varejão em virtude da obra da galeria que está sendo construída naquela trecho do Bairro de São Pedro. Outra preocupação do Vereador Cleyton foi solicitar da empresa concessionária de transporte coletivo a ampliação dos horários das linhas de ônibus que atendem a comunidade do Meudon e os inúmeros trabalhadores que atuam nas empresas localizadas naquele bairro.

MANDINHO (PSD)

Um dos pedidos apresentados pelo Vereador foi a colocação de cinco braços de luz próximo ao campinho na Estrada do Triunfo, no Caleme. Uma outra moção de Mandinho pede a incorporação do abono salarial aos salários efetivamente pagos a servidores municipais. Mandinho também teve aprovada moção que pede colocação de camada asfáltica nas Estradas José Gomes da Costa Júnior, a antiga Estrada da Posse, e Aldemar Tavares, antiga Estrada do Parque do Imbuí.Para a mesma região o Vereador reivindica construção de posto de saúde para a Cascata do Imbuí.

PAULINHO CARVALHO (PTB)

O Vereador pede construção de quadra poliesportiva com playground em praça do bairro Jardim Pinheiros. Outro pedido de Paulinho Carvalho foi a colocação de iluminação pública na Rua José Maria de Araújo Regadas. E ainda que seja colocada caçamba estacionária de lixo em trecho do bairro Pinheiros, ao lado da barraca do Márcio.

MARCELO OLIVEIRA (PMN)

O Vereador apresentou importantes pedidos, alguns já feitos anteriormente, como a construção de uma ciclovia na Avenida Rotariana, no Soberbo. O Vereador também sugere a criação do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico do Município. Marcelo Oliveira pede ainda construção de abrigo com banco para os passageiros no entroncamento da Avenida Presidente Rossevelt com Rua José Pancetti. E ainda a criação do ônibus de turismo e comércio gratuito, no trajeto Feirinha – Centro.

DRA. CLÁUDIA (DEM)

A Vereadora apresentou moção solicitando a criação do Cartão Saúde em Teresópolis, que seria um cadastro do Município, nos moldes do Cartão SUS. A Vereadora também solicita a troca da rede de iluminação pública das Ruas Armando Fajardo e Beira Linha, na Beira Linha. Outro pedido é para que o Executivo possa fornecer tiras para teste de glicemia a pacientes de diabetes. Por fim, pediu a ampliação dos quadros de psiquiatras e outros profissionais na área de saúde pública mental.

WAGUINHO (PSC)

O Vereador pede verificação e limpeza de galerias e asfaltamento na Rua Zelina Maria Viana, no Meudon. Waguinho solicita ações semelhantes também para a Rua Alda, no Parque Imbuí. O Vereador também apresentou moções pedindo pavimentação, limpeza e iluminação para a Rua Abílio Augusto da Costa, no Vale do Paraíso, e para a Estrada Daldt Oliveira, no Quebra Frascos. A recuperação da Rua México, em Albuquerque, foi outro pedido apresentado pelo Vereador.

ANJINHO (PSD)

O Vereador Ângelo Gallo, o Anjinho, apresentou pedido de colocação de ambulância no posto de saúde de Venda Nova. Anjinho também pediu a instalação da rede de abastecimento de água na Rua Adelino Silva, em Canoas. O Vereador também teve aprovada moção que solicita à Secretaria Estadual de Educação a criação de um curso profissionalizante de enfermagem em Teresópolis. Também através de Indicação, o Vereador aponta necessidade de obra de asfaltamento em rua no Loteamento São José, em Mottas.

DR. HABIB (PMN)

O Vereador Dr. Habib pede a construção de área de lazer na Tijuca. Outra moção propõe a criação de laboratório químico municipal para produção de medicamentos prioritários para rede pública de saúde. Dr. Habib também solicita que seja feito o mais breve possível um concurso público para contratação de fisioterapeutas na rede pública de saúde. A criação de um projeto de habitação de interesse social também foi pedido pelo Vereador. Por fim, Dr. Habib pede ao Governo do Estado suspender a verificação periódica nos táxis e veículos de aluguel em Teresópolis.

Fonte:Câmara Municipal de Teresópolis